4B009 Práticas avaliativas e avaliação em larga escala em Matemática: um olhar a partir de professores em formação continuada

André Guilherme Buss Lemes
Ana Lucia Pereira
Luciane Grossi

Este artigo tem como objetivo identificar as concepções de professores em formação continuada sobre avaliação em larga escala e letramento matemático, apontadas por. A investigação é de natureza qualitativa e os dados foram coletados por meio de questionário aplicado a 10 professores participantes do Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional (PROFMAT) de uma universidade estadual do Paraná-Brasil. Os dados foram analisados a partir da Análise de Conteúdo, do qual emergiu duas categorias. Os resultados apontam que as concepções sobre as avaliações externas e o letramento matemático para os professores em formação continuada estão relacionados a um processo reflexivo; a reconfiguração das ações pedagógicas e do planejamento.

Buss Lemes, A. G., Pereira, A. L., & Grossi, L. (2018). 4B009 Práticas avaliativas e avaliação em larga escala em Matemática: um olhar a partir de professores em formação continuada. Tecné Episteme Y Didaxis TED, (Extraordin), 1-6. Recuperado a partir de http://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/TED/article/view/9023
BARDIN, L. (2011). Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70.
BOGDAN R., BIKLEN, S. (1994). Investigação qualitativa em educação: uma introdução à teoria e aos métodos. Portugal: Porto Editora.
D’AMBROSIO, U. (1932). Da realidade à ação: reflexões sobre educação e matemática. São Paulo: Unicamp.
FERNANDES, D. (2009). Avaliar para aprender: fundamentos, práticas e políticas. São Paulo: Unesp.
GATTI, B. (2014). O que se percebe é que a questão da docência é sempre relegada como se fosse algo menor. Cadernos Cenpec, v.4, n.2, p.248-275, dezembro.
OCDE (2016). PISA 2015 Results: Excellence and Equity in Education. Volume I. Paris: OECD Publishing.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Article Details

Artículos más leídos del mismo autor