Percepção ambiental em textos e imagens: sentidos atribuídos por estudantes do ensino médio a ambiente, natureza e sociedade

Environmental Perception in Texts and Images: Meanings Attributed by High-School Students to Environment, Nature, and Society

Percepción ambiental en textos e imágenes: significados atribuidos por estudiantes de secundaria al medio ambiente, la naturaleza y la sociedad

Publicado
2020-01-01

Este estudio tuvo como objetivo comprender la percepción de los estudiantes de secundaria sobre el medio ambiente, la naturaleza y la sociedad. La investigación tuvo un enfoque cualitativo y los datos se obtuvieron en 2018 a través de un cuestionario aplicado a 76 estudiantes del primer año de secundaria en el curso normal de una institución educativa brasileña. Estos participantes también fueron invitados a hacer un dibujo sobre lo que ellos consideraban ser el medio ambiente. Se realizaron lecturas sucesivas de las respuestas al cuestionario y las categorías se enumeraron de acuerdo con la técnica de análisis de contenido. Los dibujos se analizaron a partir de la observación de similitudes, utilizando las representaciones románticas, pesimistas, de dominación y sostenibilidad del medio ambiente. El análisis de las respuestas resaltó la percepción del medio ambiente como región geográfica; la percepción de la naturaleza como biomas y ecosistemas naturales; la noción de sociedad como seres humanos que interactúan con otros en un territorio, y la percepción del problema social y ambiental como la interferencia de la sociedad con la naturaleza. En la mayoría de los dibujos, el entorno estaba representado con una percepción romántica, con un predominio de elementos naturales y sin la presencia de humanos, corroborando la comprensión de que la percepción naturalista prevalece entre los estudiantes. Los resultados apuntan a la relevancia de otros estudios sobre la percepción ambiental y la representación de estudiantes y docentes y otros enfoques de los problemas ambientales en la enseñanza de biología en las escuelas.

 

Palabras clave: human-environment relationship, drawing, nature, school, biology education (en)
Palabras clave: relación humano-ambiente, dibujo, naturaleza, escuela, enseñanza de biología (es)
Palabras clave: relação homem-ambiente, desenho, natureza, escola, ensino de biologia (pt)
Antonio, D. G. e Guimarães, S. T. L. (2005). Representações do meio ambiente através do desenho infantil: refletindo sobre os procedimentos interpretativos. Revista Educação Ambiental em Ação, 14, 1-11. http://www.revistaea.org/artigo.php?idartigo=343.

Bardin, L. (2016). Análise de conteúdo. Edições 70.

Bogdan, R. e Biklen, S. K. (1994). Investigação qualitativa em educação: uma introdução à teoria e aos métodos. Editora Porto.

Castoldi, R., Bernardi, R. e Polinarski, C. A. (2009). Percepção dos problemas ambientais por alunos do ensino médio. Revista Brasileira de Ciência, Tecnologia e Sociedade, 1(1), 56-80.

Costa, R. G. S. e Colesanti, M. M. (2011). A contribuição da percepção ambiental nos estudos das áreas verdes. Revista ra’ega: o espaço geográfico em análise, 22, 238-251.

Davis, C., Silva, M. A. S. S. e Espósito, Y. (1989). Papel e valor das interações sociais em sala de aula. Cadernos de Pesquisa, 71, 49-54.

Diegues, A. C. S. (2000). O mito moderno da natureza intocada (3ª ed). hucitec-usp.

Duarte Diáz, J. J. e Vallejo, Y. C. (2014). Representaciones sociales de ambiente y educación ambiental en el C.E.D. La Concepción (Bogotá-Colombia). Bio-grafia: Escritos sobre la Biologia y su Enseñanza, 104-112.

Garrido, L. S. e Meirelles, R. M. S. (2014). Percepção sobre meio ambiente por alunos das séries iniciais do Ensino Fundamental: considerações à luz de Marx e de Paulo Freire. Ciência & Educação, 20(3), 671-685.

Gil, A. C. (2002). Como elaborar projetos de pesquisa (4ª ed.). Atlas.

Jacobi, P. R. (2005). Educação ambiental: o desafio da construção de um pensamento crítico, complexo e reflexivo. Educação e Pesquisa, 31(2), 233-250.

Lamego, C. R. S. e Santos, M. C (2015). Percepção de alunos de uma escola pública sobre questões socioambientais em São Gonçalo, Rio de Janeiro. Revista Práxis, Ed. Especial, vii, 113-120.

Lignani, L. B. e Azevedo, M. J. C. (2013). “Casa” de quem? História ambiental e o ensino de ecologia. Em ix Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, 1-8.

Marconi, M. A. e Lakatos, E. M. (2003). Fundamentos da metodologia científica (5ª ed.). Atlas.

Melazo, G. C. (2005). Percepção ambiental e educação ambiental: uma reflexão sobre as relações interpessoais e ambientais no espaço urbano. Olhares & Trilhas, Ano vi (6), 45-51.

Melo, E. F. F. e Teixeira, A. C. (2012). A interação social descrita por Vigotski e a sua possível ligação com a aprendizagem colaborativa através das tecnologias de rede. ix anped Sul, Caxias do Sul-rs, 1-15.

Minayo, M. C. S. (2009). Pesquisa social: teoria, método e criatividade (23ª ed.). Vozes.

Monge, H. M. e Aguado, A. M. W. (2010). La percepción sobre los riesgos ambientales como indicador de los obstáculos y dificultades para la construcción de un concepto de medio ambiente responsable. Bio-grafia: Escritos sobre la Biologia y su Enseñanza, 3(4), 114-137.

Moraes, R. (1999). Análise de conteúdo. Revista Educação, 22(37), 7-32.

Motokane, M. T. e Trivelato, S. L. F. (1999). Reflexões sobre o ensino de ecologia no ensino médio. Em ii Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, 1-11.

Paris, A. M. V., Ziegler, T. M., Biasus, F. e Zakrzevski, S. B. B. (2014). Sentimento de pertencimento de estudantes à Mata Atlântica: do desconhecimento à pouca afeição. Perspectiva – Erechim, 38(141), 33-47.

Penã, K. R. (2014). Dificultades, retos y estrategias en la enseñanza de la educación ambiental a través del abordaje de algunas problemáticas ambientales.
Bio-grafia: Escritos sobre la Biologia y su Enseñanza, 8(15), 21-39.

Pedrini, A., Costa, E. A. e Ghilardi, N. (2010). Percepção ambiental de crianças e pré-adolescentes em vulnerabilidade social para projetos de Educação Ambiental. Ciência & Educação, 16(1), 163-179. Reigota, M. (2010). Meio ambiente e representação social (8ª ed). Cortez.

Rodrigues, L. L. e Farrapeira, C. M. R. (2008). Percepção e educação ambiental sobre o ecossistema manguezal incrementando as disciplinas de Ciências e Biologia em escola pública do Recife-pe. Investigações em Ensino de Ciências, 13(1), 79-93.

Santos, M. C. F., Vieira, C. D., Santos, R. N. e Lamego, C. R. S. (2018). Percepção ambiental de estudantes sobre rios e urbanos e natureza. Revista Tecnologia & Cultura, 32(21), 102-110.

Santos, F. A. S., Eckert, N. O. S., Oliveira, R. S., Neto, H. G. S., Teixeira, L. N. e Coelho, A. S. (2017). Percepção ambiental e análise de desenhos: prática e curso de extensão universitária. Revbea, 12(2), 156-177.

Santos, H. (2007). Interação social, novas mídias e cidadania: apontamentos para a análise da recomposição de identidades ameaçadas. Civitas, 7(2), 9-24.

Sauvé, L. (2005). Educação ambiental: possibilidades e limitações. Educação e Pesquisa, 31(2), 317-322.

Schwarz, M. L., Herrmann, T. M., Torri, M. C. e Goldberg, L. (2016). “Chuva, como te queremos!”: representações sociais da água através dos desenhos de crianças pertencentes a uma região rural semiárida do México. Ciência & Educação, 22(3), 651-699.

Schwarz, M. L., Sevegnani, L. e André, P. (2007). Representação da Mata Atlântica e de sua biodiversidade por meio dos desenhos infantis. Ciência & Educação, 13(3), 369-388.

Silva, L. M. (2011). Percepção da flora por calouros do ensino superior: a importância da educação ambiental. Revista Brasileira de Educação Ambiental, 6, 76-84.

Sousa, R. G. e Cesar, D. E. (2017). O ensino de ecologia e sua influência na percepção ambiental e no conhecimento ecológico de uma turma de 6º ano do ensino fundamental. Experiências em Ensino de Ciências, 12(7), 48-68.

Tuan, Y. (1980). Topofilia: um estudo da percepção, atitudes e valores do meio ambiente. difel.

Wollmann, E. M., Soares, F. A. A. e Ilha, P. V. (2015). As percepções de Educação Ambiental e Meio Ambiente de professoras das séries finais e a influência destas em suas práticas docentes. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, 15(2), 387-405.
Siqueira Lamego, C. R., & Ferreira dos Santos, M. C. (2020). Percepción ambiental en textos e imágenes: significados atribuidos por estudiantes de secundaria al medio ambiente, la naturaleza y la sociedad. Bio-grafía, 13(24). Recuperado a partir de https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/bio-grafia/article/view/12360

Visitas

74

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.