COMPREENSÕES SOBRE AS CONCEPÇÕES DE EXPERIMENTAÇÃO DE LICENCIANDOS EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

  • Larissa Lunardi
  • Rúbia Emmel
Publicado
2021-11-19

O estudo teve como objetivo compreender as concepções de experimentação dos licenciandos, por meio de um processo de
Investigação-Formação-Ação em Ciências (IFAC) na formação inicial de professores de Ciências e Biologia. O movimento formativo foi
descrito nas narrativas em diários de bordo de 14 licenciandos matriculados na disciplina de Prática enquanto Componente Curricular III
(PeCC III).A partir da Análise Textual Discursiva (ATD) identificamos cinco categorias: “contextual-investigativa”, “complementação da
teoria”, “demonstração da teoria”, “motivação” e “comprovação da teoria”. Elas nos apresentaram as diferentes compreensões dos
licenciandos sobre as aulas experimentais que são refletidas nas práticas dos futuros professores de Ciências e Biologia.

Palabras clave: Atividades experimentais, Ensino de Ciências, Formação inicial de professores (pt)

Alarcão, I. (2011). Professores reflexivos em uma escola reflexiva. São Paulo, Brasil: Cortez.

Boszko, C. e Rosa, C. T. W. (2020). Diários Reflexivos: definições e referenciais norteadores. Revista Insignare Scientia, 3(2),

-35.

Bremm, D. eGüllich, R. (2020). Sistematização de experiências: conceito e referências para formação de professores de

Ciências. Revista REAMEC, 8(3), 553-575.

Bremm, D., Silva, L. H. A. e Güllich, R. I. C. (2020). Experimentação, ciência e ensino: concepções e relações na formação

inicial de professores do PETCiências. ReBECEM, 4(1), 101-123.

Cachapuz, A., Praia, J. e Jorge, M. (2004). Da educação em ciência às orientações para o ensino das ciências: um repensar

epistemológico. Ciência e Educação, 10(3), 363-381.

Carniatto, I. (2002). A formação do sujeito professor: investigação narrativa em Ciências/Biologia. Cascavel, Brasil: Edunioeste.

Carr, W. e Kemmis, S. (1988). Teoria crítica de la enseñanza: investigación-acción en la formación del profesorado. Barcelona,

Espanha: Martinez Roca.

Contreras, J. D. (1994) La investigación en la acción. Cuadernos de Pedagogia, 224, 7-31.

Elliott, J. (1990). La investigación-acción en educación. Madrid: Ediciones Morata.

Emmel, R. (2019). O currículo e o livro didático da Educação Básica: contribuições para a formação do Licenciando em

Ciências Biológicas. Curitiba: Appris.

Gaspar, A. e Monteiro, I. C. C. (2005). Atividades experimentais de demonstração em sala de aula: uma análise segundo o

referencial da teoria de Vigotsky. Investigações em Ensino de Ciências, 10(2), 227-254.

Gastal, M. L. A. e Avanzi, M. R. (2015). Saber da experiência e narrativas autobiográficas na formação inicial de professores

de biologia. Ciência e Educação, 21(1), 149-158.

Gianotto, D. E. P. (2012). Professores de Ciências: o diário de aula como estratégia de reflexão na formação inicial.

In:Meglhioratti, F. A., Oliveira, A. L. e Ferraz, D. F. (Orgs). Reflexões sobre a formação de professores no ensino de

ciências (pp. 13-36). Cascavel: EDUNIOESTE.

Gonçalves, F. P. e Marques, C. A. (2006). Contribuições Pedagógicas e Epistemológicas em Textos de Experimentação no

Ensino de Química. Revista Investigações em Ensino de Ciências, 11(2), 219-238.

Güllich, R. I. C. (2012). O livro didático, o professor e o ensino de ciências: um processo de investigação-formação-ação

(Tese de doutorado, Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul).

Lopes, A. R. C. (1999). Conhecimento escolar: ciência e cotidiano. Rio de Janeiro: EdUERJ.

Lüdke, M. e André, M. E. D. A. (1986). Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo, Brasil: Epu.

Moraes, R.e Galiazzi, M. C. (2016). Análise textual discursiva. Ijuí: Editora Unijuí.

Motta, C. S., Dorneles, A. M., Heckler, V. e Galiazzi, M. C. (2013). Experimentação investigativa: indagação dialógica do objeto

aperfeiçoável. In: Anais do IX Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, (p. 1), Águas de Lindoia,

SP.

Porlán, R. e Martín, J. (1997) El diário del professor: un recurso para investigación en el aula. Diáda: Sevilla.

Porlán, R. A., Rivero, A. G. e Martín, R. D. P. (1988). Conocimiento professional y epistemologia de los professores, II: estúdios

empíricos y conclusiones. Enseñanza de las Ciencias, 12(2), 271-288.

Silva, L. H. A. e Zanon, L. B. (2000) A experimentação no ensino de ciências. In Schnetzler, R. P. eAragão, R. M. R. (Orgs.).

Ensino de Ciências: fundamentos e abordagens (pp. 120-153). Piracicaba: CAPES/UNIMEP.

Wyzykowski, T. e Güllich, R. I. C. (2012). Compreendendo concepções de experimentação no processo de iniciação à

docência em ciências. Revista da SBEnBIO, 5, 1-8.

APA

Lunardi, L., & Emmel, R. (2021). COMPREENSÕES SOBRE AS CONCEPÇÕES DE EXPERIMENTAÇÃO DE LICENCIANDOS EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS. Tecné, Episteme y Didaxis: TED, (Número Extraordinario). Recuperado a partir de https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/TED/article/view/15536

ACM

[1]
Lunardi, L. y Emmel, R. 2021. COMPREENSÕES SOBRE AS CONCEPÇÕES DE EXPERIMENTAÇÃO DE LICENCIANDOS EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS. Tecné, Episteme y Didaxis: TED. Número Extraordinario (nov. 2021).

ACS

(1)
Lunardi, L.; Emmel, R. COMPREENSÕES SOBRE AS CONCEPÇÕES DE EXPERIMENTAÇÃO DE LICENCIANDOS EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS. Tecné. Episteme. Didaxis: TED 2021.

ABNT

LUNARDI, L.; EMMEL, R. COMPREENSÕES SOBRE AS CONCEPÇÕES DE EXPERIMENTAÇÃO DE LICENCIANDOS EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS. Tecné, Episteme y Didaxis: TED, [S. l.], n. Número Extraordinario, 2021. Disponível em: https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/TED/article/view/15536. Acesso em: 6 dic. 2021.

Chicago

Lunardi, Larissa, y Rúbia Emmel. 2021. «COMPREENSÕES SOBRE AS CONCEPÇÕES DE EXPERIMENTAÇÃO DE LICENCIANDOS EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS». Tecné, Episteme y Didaxis: TED, n.º Número Extraordinario (noviembre). https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/TED/article/view/15536.

Harvard

Lunardi, L. y Emmel, R. (2021) «COMPREENSÕES SOBRE AS CONCEPÇÕES DE EXPERIMENTAÇÃO DE LICENCIANDOS EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS», Tecné, Episteme y Didaxis: TED, (Número Extraordinario). Disponible en: https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/TED/article/view/15536 (Accedido: 6diciembre2021).

IEEE

[1]
L. Lunardi y R. Emmel, «COMPREENSÕES SOBRE AS CONCEPÇÕES DE EXPERIMENTAÇÃO DE LICENCIANDOS EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS», Tecné. Episteme. Didaxis: TED, n.º Número Extraordinario, nov. 2021.

MLA

Lunardi, L., y R. Emmel. «COMPREENSÕES SOBRE AS CONCEPÇÕES DE EXPERIMENTAÇÃO DE LICENCIANDOS EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS». Tecné, Episteme y Didaxis: TED, n.º Número Extraordinario, noviembre de 2021, https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/TED/article/view/15536.

Turabian

Lunardi, Larissa, y Rúbia Emmel. «COMPREENSÕES SOBRE AS CONCEPÇÕES DE EXPERIMENTAÇÃO DE LICENCIANDOS EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS». Tecné, Episteme y Didaxis: TED, no. Número Extraordinario (noviembre 19, 2021). Accedido diciembre 6, 2021. https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/TED/article/view/15536.

Vancouver

1.
Lunardi L, Emmel R. COMPREENSÕES SOBRE AS CONCEPÇÕES DE EXPERIMENTAÇÃO DE LICENCIANDOS EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS. Tecné. Episteme. Didaxis: TED [Internet]. 19 de noviembre de 2021 [citado 6 de diciembre de 2021];(Número Extraordinario). Disponible en: https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/TED/article/view/15536

Descargar cita

Visitas

8

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.