CORRENTES DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM QUESTÃO NOS FILMES NACIONAIS

  • Riceli Gomes Czekalski
  • Rosangela Matos Uhmann Matos Uhmann
  • Amanda Knob Back
  • Renata Dias Machado
Publicado
2021-11-19

Com esta pesquisa, analisamos filmes comerciais brasileiros que abordam a questão ambiental no contexto educacional. Para
isso, tomamos como referência as correntes da Educação Ambiental (EA) fundadas por Sauvé (2008), analisando filmes que foram investigados pela Associação Brasileira de Críticos de Cinema - ABRACCINE. Do total de 100, quatro (4) apresentam algum problema ambiental, sendo catalogados. Portanto, prevaleceu a corrente decisiva (1: 4), depois da sistêmica (1: 4), naturalista (1: 4) e humanística (1: 4). Foi assim que surgiu a categoria: Correntes de EA presentes em filmes com enfoque ambiental e uma perspetiva transversal de cariz social, ambiental e cultural. Os resultados demonstraram o potencial dos filmes nacionais com enfoque na EA para as escolas, no sentido de ajudar a compreender a matéria, bem como de migrar para um ensino interdisciplinar e transversal.

Palabras clave: Filmes Comerciais, perspectiva socioambiental, ensino transversal (pt)

Brasil. (1997). Ministério da Educação(MEC). Secretaria de EducaçãoFundamental (SEF). Parâmetros Curriculares Nacionais:

apresentação dos temas transversais, meio ambiente. Brasília, DF: MEC/SEF. Disponível em:

https://cptstatic.s3.amazonaws.com/pdf/cpt/pcn/volume-10-4-temas-transversais-meio-ambiente.pdf.

Brasil. (2012). Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Resoluçãonº2, de15 dejunho de2012. Estabelece

as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Ambiental. Diário Oficial da União, Brasília, DF. Disponível em:

http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_content&id=17810&Itemid=866.

Brasil, (2014). Lei nº 13.006, de 26 de junho de 2014. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2011-

/2014/Lei/L13006.htm.

Cunha, M. B. da; Giordan, M. (2009). A imagem da ciência no cinema. Química nova na escola, 31, (1). Disponível em:

http://qnesc.sbq.org.br/online/qnesc31_1/03-QS-1508.pdf.

Czekalski, R. G.; Uhmann, R. I. M. (2020). Estudo das concepções de educação ambiental em filmes como recurso didático.

In: Salão do Conhecimento (Unijuí), 2020, Ijuí. XXVIII Seminário de Iniciação Científica, 6, (6). Disponível em:

https://publicacoeseventos.unijui.edu.br/index.php/salaoconhecimento/article/view/18138.

Kenski, V. M. (1998). Novas tecnologias O redimensionamento do espaço e do tempo e os impactos no trabalho docente.

Revista Brasileira de Educação, (8). Disponível em:https://www.researchgate.net/publication/277042533.

Kenski, V. M. (2003).Tecnologias e ensino presencial e a distância. Campinas, SP: Papirus.

Lüdke, M.; André, M. E. D. A. de. (1986). Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo: Epu.

Melo,L. A. R. (2008) O lugar das Imagens. In: Caetano, D. (org.). Serras da Desordem. Rio deJaneiro: Azougue Editorial.

Morin, E. (2007). Desafios da transdisciplinaridade e da complexidade. In: AUDY, Jorge Luis Nicolas; MOROSINI, Marília

Costa. (orgs.) Inovação e interdisciplinaridade na universidade. Porto Alegre: EDIPUCRS.

Santos, J. N. dos. Gebara, M. J. F. (2014). O ensino-aprendizagem de ciências naturais na educação básica: o filme como

recurso didático nas aulas de ecologia. In: IV SINECT, 2014, Ponta Grossa – PR. Anais do IV Simpósio Nacional de

Ensino de Ciência e Tecnologia. Disponível em: http://www.sinect.com.br/anais2014/anais2014/artigos/ensino-deciencias/01409607480.pdf.

Sauvé, L. (2005). Educação Ambiental: possibilidades e limitações. Educação e Pesquisa, São Paulo, 31, (2), 317-322,

maio/ago. Disponível em:https://www.scielo.br/pdf/ep/v31n2/a12v31n2.pdf.

Sauvé, L. (2008). Uma cartografia das correntes em Educação Ambiental. In: Sato, Michéle; Carvalho, Isabel. Educação

Ambiental: pesquisas e desafios. – Porto Alegre: Artmed.

Simões, E. (1995). Uma Educação Ambiental possível:a Natureza do programa dailha. São Paulo. Dissertação[Mestradoem

Educação] - PUC, São Paulo. Disponívelem:https://tede2.pucsp.br/bitstream/handle/20189/2/Eliane%20Simoes.pdf.

Tristão, M. (2005). Tecendo os fios da educação ambiental: o subjetivo e o coletivo, o pensado e o vivido. Educação e

Pesquisa, São Paulo, 31, (2)251-264, maio/ago. Disponívelem:https://www.scielo.br/pdf/ep/v31n2/a08v31n2.pdf.

APA

Gomes Czekalski, R. ., Matos Uhmann, R. M. U., Knob Back, A. ., & Dias Machado, R. . (2021). CORRENTES DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM QUESTÃO NOS FILMES NACIONAIS . Tecné, Episteme y Didaxis: TED, (Número Extraordinario), 438-444. Recuperado a partir de https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/TED/article/view/15130

ACM

[1]
Gomes Czekalski, R. , Matos Uhmann, R.M.U., Knob Back, A. y Dias Machado, R. 2021. CORRENTES DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM QUESTÃO NOS FILMES NACIONAIS . Tecné, Episteme y Didaxis: TED. Número Extraordinario (nov. 2021), 438-444.

ACS

(1)
Gomes Czekalski, R. .; Matos Uhmann, R. M. U.; Knob Back, A. .; Dias Machado, R. . CORRENTES DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM QUESTÃO NOS FILMES NACIONAIS . Tecné. Episteme. Didaxis: TED 2021, 438-444.

ABNT

GOMES CZEKALSKI, R. .; MATOS UHMANN, R. M. U.; KNOB BACK, A. .; DIAS MACHADO, R. . CORRENTES DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM QUESTÃO NOS FILMES NACIONAIS . Tecné, Episteme y Didaxis: TED, [S. l.], n. Número Extraordinario, p. 438-444, 2021. Disponível em: https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/TED/article/view/15130. Acesso em: 8 dic. 2021.

Chicago

Gomes Czekalski, Riceli, Rosangela Matos Uhmann Matos Uhmann, Amanda Knob Back, y Renata Dias Machado. 2021. «CORRENTES DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM QUESTÃO NOS FILMES NACIONAIS ». Tecné, Episteme y Didaxis: TED, n.º Número Extraordinario (noviembre):438-44. https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/TED/article/view/15130.

Harvard

Gomes Czekalski, R. ., Matos Uhmann, R. M. U., Knob Back, A. . y Dias Machado, R. . (2021) «CORRENTES DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM QUESTÃO NOS FILMES NACIONAIS », Tecné, Episteme y Didaxis: TED, (Número Extraordinario), pp. 438-444. Disponible en: https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/TED/article/view/15130 (Accedido: 8diciembre2021).

IEEE

[1]
R. . Gomes Czekalski, R. M. U. Matos Uhmann, A. . Knob Back, y R. . Dias Machado, «CORRENTES DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM QUESTÃO NOS FILMES NACIONAIS », Tecné. Episteme. Didaxis: TED, n.º Número Extraordinario, pp. 438-444, nov. 2021.

MLA

Gomes Czekalski, R. ., R. M. U. Matos Uhmann, A. . Knob Back, y R. . Dias Machado. «CORRENTES DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM QUESTÃO NOS FILMES NACIONAIS ». Tecné, Episteme y Didaxis: TED, n.º Número Extraordinario, noviembre de 2021, pp. 438-44, https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/TED/article/view/15130.

Turabian

Gomes Czekalski, Riceli, Rosangela Matos Uhmann Matos Uhmann, Amanda Knob Back, y Renata Dias Machado. «CORRENTES DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM QUESTÃO NOS FILMES NACIONAIS ». Tecné, Episteme y Didaxis: TED, no. Número Extraordinario (noviembre 19, 2021): 438-444. Accedido diciembre 8, 2021. https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/TED/article/view/15130.

Vancouver

1.
Gomes Czekalski R, Matos Uhmann RMU, Knob Back A, Dias Machado R. CORRENTES DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM QUESTÃO NOS FILMES NACIONAIS . Tecné. Episteme. Didaxis: TED [Internet]. 19 de noviembre de 2021 [citado 8 de diciembre de 2021];(Número Extraordinario):438-44. Disponible en: https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/TED/article/view/15130

Descargar cita

Visitas

10

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.