Educação em tempo integral na educação infantil: pressupostos, indicativos legais, ações governamentais e institucionais

Fulltime Education in Early Childhood Education: Assumptions, Legal Guidelines, Governmental and Institutional Actions

Educación a tiempo completo en educación de la primera infancia: supuestos, directrices legales, acciones gubernamentales e institucionales

Publicado
2021-09-20

Bajo la ley brasileña, la educación a tiempo completo es un proceso de educación formal provisto para niños y adolescentes matriculados en educación primaria. Después de conectar el tema con la literatura (Moll y Leclerc, 2012; Mauricio, 2009; Brandão, 2008; Gadotti, 2009), desarrollamos una investigación con el objetivo de problematizar aspectos de las pautas legales y acciones gubernamentales e institucionales que operacionalizan el programa educativo a tiempo completo en educación de la primera infancia. En términos metodológicos, recurrimos al estudio de documentos que regulan este programa en el ámbito municipal y realizamos entrevistas semiestructuradas con profesores; asistentes de educación de la primera infancia; el director de la escuela; el pedagogo y el coordinador del programa; las familias de los niños que participaron en el programa y los técnicos de la Secretaría de Educación. El espacio empírico para la investigación fue un Centro Municipal de Educación Infantil (cmei), que asiste a 325 niños de 6 meses a 6 años, parte del sistema educativo municipal de Vitória-ES. Los datos indican que el programa educativo a tiempo completo puede contribuir al proceso educativo de los niños. Sin embargo, se observa la necesidad de mejoras en las prácticas pedagógicas, también con respecto a la estructura física de las instituciones educativas y la educación continua de los profesionales. Comprendemos que, como política pública específica, la educación a tiempo completo debe establecerse como un factor estimulante para debates sistemáticos capaces de redimensionar nuestras concepciones pedagógicas y políticas relacionadas con la infancia y el proceso educativo del niño pequeño.

Palabras clave: preschool education, infancy, full-time students, educational politics, curriculum design (en)
educación preescolar, infancia , estudiantes a tiempo completo, política educativa, diseño de curriculum (es)
Educação pré-escolar, infancia, alunos em tempo integral, política educacional, desenho curricular (pt)
Reginaldo Celio Sobrinho, Universidade Federal do Espirito Santo

 

Doctorado en Educación.

Profesor Asociado.


Miembro del personal permanente del Programa de Posgrado en Educación, Centro de Educación.

Nubia Rosetti Nascimento Gomes, Universidade Federal do Espirito Santo

Doutoranda no Programa de Pós-graduação em Educação. Universidade Federal do Espírito Santo, Brasil.

Sonia Lopes Victor, Universidade Federal do Espirito Santo

 

 

Edson Pantaleão, Universidade Federal do Espirito Santo

 

 

Aquino, J. (2011). A ampliação da jornada escolar melhora o desempenho acadêmico dos estudantes? Uma avaliação do programa escola de tempo integral da rede pública do estado de São Paulo [Tese, Doutorado em Ciências, Universidade de São Paulo/Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, São Paulo]. Bibliothèque Numérique de Thèses et Mémoires de l’USP. https://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11132/tde-12092011-165425/fr.php

Bardin, L. (2011). Análise de conteúdo. Edições 70.

Brandão, C. (2008). O que é educação? Brasiliense.

Brasil. (1961). Lei 4.024 – Diretrizes e Bases da Educação da Educação Nacional. Brasília, Distrito Federal. www.planalto.gov.br

Brasil. (1993). Lei 8.642 – Institui o Programa Nacional de Atenção Integral à Criança e ao Adolescente – Pronaica. Brasília, Distrito Federal. www.planalto.gov.br

Brasil. (1996). Lei 9.394 – Diretrizes e Bases da Educação da Educação Nacional. Brasília, Distrito Federal. www.planalto.gov.br

Brasil. (2009). Resolução CEB/CNE n.º 5 – Institui Diretrizes Curriculares Nacionais para Educação Infantil. Brasília, Distrito Federal. www.planalto.gov.br

Brasil. (2010). O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatistica – IBGE. Brasília, Distrito Federal. www.ibge.gov.br

Brasil. (2014). Lei n.º 13.005, de 25 de junho de 2014. Aprova o Plano Nacional de Educação – PNE e dá outras providências. Brasília, Distrito Federal. www.planalto.gov.br

Brasil. Ministério da Educação. (2008). Programa Mais Educação passo-a-passo. Brasília, Distrito Federal. Disponível em: portal.mec.gov.br/dmdocuments/passoapasso-maiseducação. Acesso em: 7 jul. 2019.

Cavaliere, A. (2007). Tempo de escola e qualidade na educação pública. Educação e Sociedade, 28(100), 1015-1035.

Ferreira, C. (2007). Escola em tempo integral: possível solução ou mito na busca da qualidade? Dissertação [Dissertação, Mestrado em Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Estadual de Londrina].

Figueiredo, V. (2011). O projeto escola de tempo integral: currículo e práticas. Análise de seus desafios e possibilidades [Dissertação, Mestrado em Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais].

Gadotti, M. (2009). Educação Integral no Brasil: inovações em processo. Editora e livraria Instituto Paulo Freire, 2009.

Janczura, R. (2012). Risco ou vulnerabilidade social? Textos e Contextos, 11(2), 301-308.

Junqueira, L. (1998). Descentralização e intersetorialidade: A construção de um modelo de gestão municipal. Revista de Administração Pública, 32(2), 11-22.

Kuhlmann, J. (2007). Infância e Educação Infantil: uma abordagem histórica. Mediação.

Mauricio, L. (2009). Escritos, representações e pressupostos da escola pública de horário integral. Em Aberto, 22(80), 15-31.

Moll, J., e Leclerc, G. (2012). Educação integral em jornada ampliada: universalidade e obrigatoriedade? Em Aberto, 25(88), 17-49.

Monnerat, G., e Souza, R. (2011). Da seguridade social à intersetorialidade: Reflexões sobre a integração das políticas sociais no Brasil. Revista Katálysis, 14(1), 41-49.

Moreira, S. e Bertolin, J. (jan.-abr., 2016). Avaliação da contribuição do programa mais educação para o ensino fundamental público: estudo de caso de rio verde (GO). Comunicações, Piracicaba, 23(1), 107-125.

Ramos, I. (2011). Escola pública integrada: uma proposta sob análise [Dissertação, Mestrado em Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade do Vale do Itajaí]. http://siaibib01.univali.br/pdf/Ines%20Odorizzi%20Ramos.pdf

Sacristán, J. (1995). Currículo e diversidade cultural. Em T. Silva e A. Moreira (Org.), Territórios Contestados: o currículo e os novos mapas políticos e culturais (pp. 82-113). Vozes.

Sarmento, M. (2004). As culturas da infância nas encruzilhadas da 2a modernidade. Em M. Sarmento e A. Cerisara (Org.), Crianças e miúdos: perspectivas sócio-pedagógicas da infância e educação (pp. 9-34). ASA.

Vitória. (2011). Institui Diretrizes para a política de educação integral. Vitória, Espírito Santo. https://vitoria.es.gov.br/cidadao/educacao-integral-leva-cultura-e-lazer-para-criancas-e-jovens

Vitória. (2011). Lei nº 15.071 - estabelece critérios para a matrícula de estudantes da rede municipal no programa de educação em tempo integral.

Vitória. (2014). Lei nº 8.759 - instituiu escolas de ensino fundamental em tempo integral na rede municipal de ensino da cidade de Vitória-ES.

Vitória. (2014). Lei nº 9.049 – Institui escolas de ensino fundamental em tempo integral na rede municipal de Vitória. http://camarasempapel.cmv.es.gov.br/legislacao/norma.aspx?id=9201

Vitória. (2015). Lei nº 8.829 - Plano Municipal de Educação (PME). Vitória, Espírito Santo. http://camarasempapel.cmv.es.gov.br/Arquivo/Documents/legislacao/html/L88292015.html

APA

Celio Sobrinho, R., Gomes, N. R. N. ., Victor, S. L., & Pantaleão, E. . (2021). Educação em tempo integral na educação infantil: pressupostos, indicativos legais, ações governamentais e institucionais. Revista Colombiana de Educación, 1(83). https://doi.org/10.17227/rce.num83-11000

ACM

[1]
Celio Sobrinho, R., Gomes, N.R.N. , Victor, S.L. y Pantaleão, E. 2021. Educação em tempo integral na educação infantil: pressupostos, indicativos legais, ações governamentais e institucionais. Revista Colombiana de Educación. 1, 83 (sep. 2021). DOI:https://doi.org/10.17227/rce.num83-11000.

ACS

(1)
Celio Sobrinho, R.; Gomes, N. R. N. .; Victor, S. L.; Pantaleão, E. . Educação em tempo integral na educação infantil: pressupostos, indicativos legais, ações governamentais e institucionais. Rev. Colomb. Educ. 2021, 1.

ABNT

CELIO SOBRINHO, R.; GOMES, N. R. N. .; VICTOR, S. L.; PANTALEÃO, E. . Educação em tempo integral na educação infantil: pressupostos, indicativos legais, ações governamentais e institucionais. Revista Colombiana de Educación, [S. l.], v. 1, n. 83, 2021. DOI: 10.17227/rce.num83-11000. Disponível em: https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/RCE/article/view/11000. Acesso em: 16 oct. 2021.

Chicago

Celio Sobrinho, Reginaldo, Nubia Rosetti Nascimento Gomes, Sonia Lopes Victor, y Edson Pantaleão. 2021. «Educação em tempo integral na educação infantil: pressupostos, indicativos legais, ações governamentais e institucionais». Revista Colombiana de Educación 1 (83). https://doi.org/10.17227/rce.num83-11000.

Harvard

Celio Sobrinho, R., Gomes, N. R. N. ., Victor, S. L. y Pantaleão, E. . (2021) «Educação em tempo integral na educação infantil: pressupostos, indicativos legais, ações governamentais e institucionais», Revista Colombiana de Educación, 1(83). doi: 10.17227/rce.num83-11000.

IEEE

[1]
R. Celio Sobrinho, N. R. N. . Gomes, S. L. Victor, y E. . Pantaleão, «Educação em tempo integral na educação infantil: pressupostos, indicativos legais, ações governamentais e institucionais», Rev. Colomb. Educ., vol. 1, n.º 83, sep. 2021.

MLA

Celio Sobrinho, R., N. R. N. . Gomes, S. L. Victor, y E. . Pantaleão. «Educação em tempo integral na educação infantil: pressupostos, indicativos legais, ações governamentais e institucionais». Revista Colombiana de Educación, vol. 1, n.º 83, septiembre de 2021, doi:10.17227/rce.num83-11000.

Turabian

Celio Sobrinho, Reginaldo, Nubia Rosetti Nascimento Gomes, Sonia Lopes Victor, y Edson Pantaleão. «Educação em tempo integral na educação infantil: pressupostos, indicativos legais, ações governamentais e institucionais». Revista Colombiana de Educación 1, no. 83 (septiembre 20, 2021). Accedido octubre 16, 2021. https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/RCE/article/view/11000.

Vancouver

1.
Celio Sobrinho R, Gomes NRN, Victor SL, Pantaleão E. Educação em tempo integral na educação infantil: pressupostos, indicativos legais, ações governamentais e institucionais. Rev. Colomb. Educ. [Internet]. 20 de septiembre de 2021 [citado 16 de octubre de 2021];1(83). Disponible en: https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/RCE/article/view/11000

Descargar cita

Citaciones

Crossref Cited-by logo
0

Métricas PlumX

Visitas

65

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.