Paulo Freire e Educação Física: uma análise a partir de periódicos da área

Paulo Freire and Physical Education: an Analysis from Journals in the Area

Paulo Freire y Educación Física: un análisis a partir de revistas del área

Publicado
2021-07-15

El presente artículo de investigación tiene como objetivo identificar y analizar la presencia y aportes del constructo freiriano a la Educación Física en las dos principales revistas del área que publican investigación pedagógica. La investigación bibliográfica recopiló 42 artículos, publicados entre 2010 y 2020, que enumeran trabajos de Paulo Freire en las referencias, dos que discuten directamente el legado freiriano para la enseñanza del componente y uno analiza cómo la obra del autor ha sido estudiada por la comunidad académica de Educación Física. El número de autores involucrados y su calificación e inserción indican potencialidades del alcance e influencia del pensamiento de Freire en la Educación Física. Los resultados convergen con otros trabajos realizados sobre la actualidad e importancia del autor y señalan caminos para futuros estudios.

Palabras clave: Physical Education, Sport Sciences, Paulo Freire, Bibliographical research (en)
Educación Física, ciencia del deporte, Paulo Freire, investigación bibliográfica (es)
Educação Física, ciências do esporte, Paulo Freire, pesquisa bibliográfica (pt)

Alves, F. S. (2016). Exercícios qualitativos de avaliação com ritmo, expressão corporal e dança na formação em educação física. Movimento, 22(1), 75-88. https://doi.org/10.22456/1982-8918.56369

Aquino, R., Alves, I. S., Padilha, M. B., Garganta, J. e Marques, R. F. R. (2017) A produção científica acerca do aspecto tático técnico nos jogos esportivos coletivos: análise dos periódicos brasileiros. Movimento, 23(4), 1407-1420. https://doi.org/10.22456/1982-8918.69461

Atienza, R., Valencia-Peris, A., Martos-García, D., López-Pastor, V. M. e Devís-Devís, J. (2016). La percepción del alumnado universitario de educación física sobre la evaluación formativa: ventajas, dificultades y satisfacción. Movimento, 22(4), 1033-1048. https://doi.org/10.22456/1982-8918.59732

Azevedo, A. M. P., Oliveira, G. M., Silva, P. P. C., Nobrega, T. K. S. e Souza Junior, M. (2020). Formação continuada na prática pedagógica: a Educação Física em questão. Movimento, 16(04), 245-262. https://doi.org/10.22456/1982-8918.11809

Barbero-González, J.I. e Rodríguez-Campazas, H. (2013). The near future in "rollerball" dystopian movie: fictional generative themes to stimulate sociological imagination within Physical Education and sports studies. Movimento, 19(03), 79-101. https://doi.org/10.22456/1982-8918.35726

Bernardi, G. B. e Fazenda Junior, C. A. P. (2018). Crítica ao “escola sem partido”: um olhar pela perspectiva crítico-superadora da educação física. Movimento, 24(3), 1029-1040. https://doi.org/10.22456/1982-8918.79511

Betti, M., Knijnik, J., Venâncio, L. Sanchez Neto, L. e Daolio, J. (2014). Fundamentos filosóficos e antropológicos da Teoria do Se-movimentar e a formação de sujeitos emancipados, autônomos e críticos: o exemplo do currículo de Educação Física do Estado de São Paulo. Movimento, 20(4), 1631-1653. https://doi.org/10.22456/1982-8918.46732

Bopsin, A. P., Silva, L. O. e Molina Neto, V. (2010). Contribuições do grupo de pesquisa f3p-efice para a formação de professores e Prática Pedagógica na esef/ufrgs e na Rede Municipal de Ensino de Porto Alegre. Movimento, 16, n. esp., 189-216. https://doi.org/10.22456/1982-8918.18234

Bossle, F. (2018). Nosso “Inédito Viável”: professor de educação física intelectual transformador. Em: D. T. Maldonado, V. A. Nogueira e U. S. Farias. Os professores como intelectuais: novas perspectivas didático-pedagógicas na Educação Física escolar brasileira. (pp. 19-34). CRV.

Bossle, F., Molina neto, V. e Wittizorecki, E. S. (2013). Sobre "a vida como ela é": os professores de Educação Física e as violências na escola pública municipal de Porto Alegre. Movimento, 19(04), 47-67. https://doi.org/10.22456/1982-8918.37526

Brauner, V. L. (2015). Desafios emergentes acerca do empoderamento da mulher através do esporte. Movimento, 21(2), 521 532. https://doi.org/10.22456/1982-8918.48156

Conceição, V. J. S. da. e Molina Neto, V. (2017). A cultura escolar sob o olhar do paradigma da complexidade: um estudo etnográfico sobre a construção da identidade docente de professores de Educação Física no início da docência. Movimento, 23(3), 827-840. https://doi.org/10.22456/1982-8918.55916

Correia, M. S., Miranda, M. L. de J. e Velardi, M. (2011). A prática da educação física para idosos ancorada na pedagogia freiriana: reflexões sobre uma experiência dialógica-problematizadora. Movimento, 17(04), 281-297. https://doi.org/10.22456/1982-8918.19558

Cortella, M. S. (2011) Paulo Freire: um pensamento clássico e atual. Revista e-Curriculum, 7(3), 1-14. https://revistas.pucsp.br/index.php/curriculum/article/view/7590

Costa, M. B. da. e Leiro, A. C. R. (2010) Texto televisivo e educação infantil: Conhecimento cotidiano e trabalho pedagógico. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, 31 (2), 121-135. http://rbce.cbce.org.br/index.php/RBCE/article/viewFile/556/417

Cruz, G. de C., Caparroz, L. B. S., Fontana, E. C., Correa, R. e Honorato, I. C. R. (2015). Associações e dissociações no campo da educação física: para onde vai o trabalho dos grupos de trabalho? Revista Brasileira de Ciências do Esporte, 37(4), 348-354. https://doi.org/10.1016/j.rbce.2015.08.003

Diehl, V. R. O., Molina Neto, V. e Silva, L. O. (2019). As políticas públicas de educação: a percepção dos docentes de Educação Física. Movimento, 25, e25037. https://doi.org/10.22456/1982-8918.88121

Doña, A. M. García, E. R. e Cervantes, C. T. (2014). Sistema de medición de la calidad de la Educación Física Chilena: un análisis crítico. Movimento, 20(01), 145-167. https://doi.org/10.22456/1982-8918.41485

Fensterseifer, P. E., González, F. J. e Silva, S. P. da. (2019) Educação Física crítica em perspectiva democrática e republicana. Movimento, 25, e25070. https://doi.org/10.22456/1982-8918.95771

Ferreira, L. S., Zimmerman, A, P. C. e Calheiros, V. C. (2020). Trabalho pedagógico, trabalho dos professores e trabalho docente: movimentos de sentidos nas abordagens sobre Educação Física Escolar. Movimento, 26, e26045. https://doi.org/10.22456/1982-8918.99565

Françoso, S.; Neira, M. G. (2014). Contribuições do legado freiriano para o currículo da Educação Física. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, 36(2), 531-546. https://doi.org/10.1590/S0101-32892014000200017

Freire, P. (1991). A educação na cidade. Cortez Editora.

Freire, P. (1993). Pedagogia do oprimido. Paz e Terra.

Freire, P. (1996). Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. Paz e Terra.

Freire, P. (2010). Educação como prática da liberdade. Paz e Terra.

Freire, P. (2010). Educação e mudança. Paz e Terra

Freire, P. (2011). Pedagogia da esperança: um reencontro com a Pedagogia do oprimido. Editora Paz e Terra.

Gadotti, M. (1996). Paulo Freire: uma biobibliográfica. Cortez Editora.

Gil, A. C. (2008). Métodos e técnicas de pesquisa social. (6ª ed). Atlas.

Gonçales, C., Pimentel, G. G. e Pereira, B. (2014). Escárnio de corpos, Cyberbullying e corrupção do lúdico. Movimento, 20(3), 965-988. https://doi.org/10.22456/1982-8918.40735

Hernández, N. S., Prat, S. S. e García, D. M. (2020). Pedagogía crítica para la concienciación en torno a la discriminación de género y la emancipación de las chicas em Educación Física. Movimento, 26, e26035. https://doi.org/10.22456/1982-8918.91171

Hickey, C., Mooney, A. e Alfrey, L. (2019). Locating criticality in policy: the ongoing Struggle for a social justice agenda in School physical education. Movimento, 25, e25063. https://doi.org/10.22456/1982-8918.96231

Kirk, D. (2019). Quis custodiet ipsos custodes? on being Critical about critical pedagogy in Physical Education. Movimento, 25, e25062. https://doi.org/10.22456/1982-8918.96244

Kohan, W. O. (2019a). Paulo Freire, mais do que nunca. (1ª ed.). Vestígio.

Kohan, W. O. (2019b) Paulo Freire e o valor da igualdade em educação. Educação & Pesquisa, 45, 1-19. https://doi.org/10.1590/s1678-4634201945201600

Lei 10.612 de 13 de abril de 2012. Declara o educador Paulo Freire patrono da Educação Brasileira. Presidência da República. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2011-2014/2012/Lei/L12612.htm

Marchesan, M., Krug, R. de R., Barbosa, A. R. e Rombaldi, A. J. (2017). Percepção de pacientes em hemodiálise sobre os benefícios e as modificações no comportamento sedentário após a participação em um programa de exercícios físicos. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, 39(3), 314-321. https://doi.org/10.1016/j.rbce.2016.01.012

Marin, E. C., Souza, M. da S., Ribeiro, G. M. e Baptaglin, L. A. (2010) Educação Física no contexto rural: perfil dos professores e prática pedagógica. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, 31(2), 231-246. http://rbce.cbce.org.br/index.php/RBCE/article/viewFile/259/416

Medina, B. M., Megías, E. P. e Arcos, D. P. (2013). La voz del alumnado: Una investigación narrativa acerca de lo que siente, piensa, dice y hace el alumnado de Magisterio de Educación Física en su formación inicial. Movimento, 19(04), 251-269. https://doi.org/10.22456/1982-8918.37816

Mendes, A. D. e Azevêdo, P. H. (2010). Políticas públicas de esporte e lazer & políticas públicas educacionais: promoção da educação física dentro e fora da escola ou dois pesos e duas medidas? Revista Brasileira de Ciências do Esporte, 32(1), 127-142. https://doi.org/10.1590/S0101-32892010000400009

Nogueira, V. A., Maldonado, D. T., Silva, S. A. P. dos S., Freira, E. dos S. e Miranda, M. L. de J. (2018). Práticas corporais e Paulo Freire: uma análise sobre a produção do Conhecimento. Movimento, 24(4), 1265-1280. https://doi.org/10.22456/1982-8918.85020

Nóvoa, A. (1998). Paulo Freire (1921-1997): a “inteireza” de um pedagogo utópico. Em: M. Apple e A. Nóvoa. (Orgs.). Paulo Freire: política e pedagogia. (pp. 167-186). Porto Editora.

Oliveira, A. A. B. de., Anversa, A. L., Teixeira, F. C. e Braz, N. M. Q. (2011). Projeto político pedagógico: elaboração e aplicação nas escolas públicas de Maringá. Movimento, 17(1), 77-94. https://doi.org/10.22456/1982-8918.16524

Pereira, N e Mendes, V. A. (2010). Educação Física na escola organizada por ciclos de formação: especificidades do trabalho docente. Movimento, 16(03), 109-132. https://doi.org/10.22456/1982-8918.11556

Philpot, R., Smith, W. e Ovens, A. (2019). Pete Critical Pedagogies for a new Millenium. Movimento, 25, e25064. https://doi.org/10.22456/1982-8918.95142

Pinto, A. S. (2015). Para mudar a prática da formação continuada de educadores: uma pesquisa inspirada no referencial teórico – metodológico de Paulo Freire. [Tese de Doutorado, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo].

Pinto, A. S. e Giovedi, V. M. (2016). A pedagogia de Paulo Freire como referência teórico-metodológica para pesquisar e desenvolver a formação docente. Revista e-Curriculum, 14(1), 211–233. https://revistas.pucsp.br/curriculum/article/view/26570/19385

Rocha, J. C. S. e Nascimento, J. V. do. (2017). (Re)investimento na integralidade da formação do licenciado em Educação Física. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, 39(1), 56-62. https://doi.org/10.1016/j.rbce.2015.12.010

Sampaio, T. M. V. (2014). Desafios e perspectivas para a divulgação da pesquisa em Educação Física: um processo de construção. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, 36(4), 733-739. https://doi.org/10.1016/j.rbce.2014.11.005

Saul, A M. (2016). Paulo Freire na atualidade: legado e reinvenção. Revista e-Curriculum, 14(1), 09–34. https://revistas.pucsp.br/curriculum/article/view/27365/19377

Saul, A. M. e Silva, A. F. G. (2009). O legado de Paulo Freire para as políticas de currículo e para a formação de educadores no Brasil. Revista Brasileira Estudos Pedagógicos, 90(224), 223-244. http://dx.doi.org/10.24109/2176-6681.rbep.90i224.507

Saul, A. M. e Silva, A. F. G. (2014). A matriz de pensamento de Paulo Freire: um crivo de denúncia-anúncio de concepções e práticas curriculares. Revista e-Curriculum, 12(3), 2064-2080. https://revistas.pucsp.br/curriculum/article/view/20907/15925

Saul, A. M. e Pinto, A. S. (2016). Contribuições de Paulo Freire para a formação de educadores: fundamentos e práticas de um paradigma contra-hegemônico. Educar em Revista, 61, 19-35. http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=155047759003

Silva, B. V., Caparróz, F. E. e Almeida, U. R. (2011). A produção de imaginários sociais sobre a escola e seus efeitos na formação inicial de professores de Educação Física. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, 33(1), 51-68. https://doi.org/10.1590/S0101-32892011000100004

Silva, L. C. D. da. e Ferreira, A. D. (2012). Capoeira dialogia: o corpo e o jogo de significados. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, 34(3), 665-681. https://doi.org/10.1590/S0101-32892012000300010

Silva, M. A. da., Silva, L. O. e Molina Neto, V. (2016). Possibilidades da Educação Física no Ensino Médio Técnico. Movimento, 22(1), 325-336. https://doi.org/10.22456/1982-8918.54333

Skolaude, L. S., Canon-Buitrago, E. A. e Bossle, F. (2020). A Educação Física na Educação Escolar indígena: a produção acadêmico-científica na área 21 como perspectiva de diálogo e (re)conhecimento intercultural. Movimento, 26, e26009. https://doi.org/10.22456/1982-8918.90042

Souza, E. R., Luzzi, A. e Pereira, B. (2010). O Fordismo acadêmico na Educação Física. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, 32, (2-4), 43-57. http://dx.doi.org/10.1590/S0101-32892010000200004

Souza. E. C. A. de. e Capraro, A. M. (2013). A preservação da memória estudantil como proposta curricular dos cursos de Educação Física: o caso do centro de memória do Departamento de Educação Física (cemedef) da ufpr. Movimento, 19(3), 235-255. https://doi.org/10.22456/1982-8918.26735

Streck, D. (2011). Cinco razões para dialogar com Paulo Freire. Revista e-curriculum, 7(3). http://revistas.pucsp.br/index.php/curriculum

Streck, D. (2014). Ecos de Angicos: temas freirianos e a pedagogia atual. Pro-Posições, 25(3), 83-101. https://doi.org/10.1590/0103-7307201407505

Surdi, A. C. e Kunz, E. (2010). Fenomenologia, movimento humano e a educação física. Movimento, 16(4), 263-290. https://doi.org/10.22456/1982-8918.16075

Troncoso, L. D. M., Puttini, R. F., Gonçalves Junior, L. e Toro-Arévalo, S. A. (2018). Ciclismo urbano como direito humano à mobilidade ativa na cidade de São Paulo. Movimento, 24(3), 1015-1028. https://doi.org/10.22456/1982-8918.82908

Vaz, A. F. (2019). Certa herança marxista no recente debate da Educação Física no Brasil. Movimento, 25, e25069. https://doi.org/10.22456/1982-8918.96236

APA

de Carvalho Duarte, L., & Garcia Neira, M. . (2021). Paulo Freire e Educação Física: uma análise a partir de periódicos da área. Pedagogía y Saberes, (55). https://doi.org/10.17227/pys.num55-12390

ACM

[1]
de Carvalho Duarte, L. y Garcia Neira, M. 2021. Paulo Freire e Educação Física: uma análise a partir de periódicos da área. Pedagogía y Saberes. 55 (jul. 2021). DOI:https://doi.org/10.17227/pys.num55-12390.

ACS

(1)
de Carvalho Duarte, L.; Garcia Neira, M. . Paulo Freire e Educação Física: uma análise a partir de periódicos da área. Pedagog. saberes 2021.

ABNT

DE CARVALHO DUARTE, L.; GARCIA NEIRA, M. . Paulo Freire e Educação Física: uma análise a partir de periódicos da área. Pedagogía y Saberes, [S. l.], n. 55, 2021. DOI: 10.17227/pys.num55-12390. Disponível em: https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/PYS/article/view/12390. Acesso em: 21 oct. 2021.

Chicago

de Carvalho Duarte, Leonardo, y Marcos Garcia Neira. 2021. «Paulo Freire e Educação Física: uma análise a partir de periódicos da área». Pedagogía y Saberes, n.º 55 (julio). https://doi.org/10.17227/pys.num55-12390.

Harvard

de Carvalho Duarte, L. y Garcia Neira, M. . (2021) «Paulo Freire e Educação Física: uma análise a partir de periódicos da área», Pedagogía y Saberes, (55). doi: 10.17227/pys.num55-12390.

IEEE

[1]
L. de Carvalho Duarte y M. . Garcia Neira, «Paulo Freire e Educação Física: uma análise a partir de periódicos da área», Pedagog. saberes, n.º 55, jul. 2021.

MLA

de Carvalho Duarte, L., y M. . Garcia Neira. «Paulo Freire e Educação Física: uma análise a partir de periódicos da área». Pedagogía y Saberes, n.º 55, julio de 2021, doi:10.17227/pys.num55-12390.

Turabian

de Carvalho Duarte, Leonardo, y Marcos Garcia Neira. «Paulo Freire e Educação Física: uma análise a partir de periódicos da área». Pedagogía y Saberes, no. 55 (julio 15, 2021). Accedido octubre 21, 2021. https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/PYS/article/view/12390.

Vancouver

1.
de Carvalho Duarte L, Garcia Neira M. Paulo Freire e Educação Física: uma análise a partir de periódicos da área. Pedagog. saberes [Internet]. 15 de julio de 2021 [citado 21 de octubre de 2021];(55). Disponible en: https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/PYS/article/view/12390

Descargar cita

Citaciones

Crossref Cited-by logo
0

Métricas PlumX

Visitas

266

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.