DISCUSSÕES ÉTICAS PARA UMA ADEQUADA COMPREENSÃO DA CIÊNCIA COMO INSTITUIÇÃO

  • Ataiz Siqueira Colvero
  • Maria John Scheid Neusa
Publicado
2017-10-13
O presente artigo é resultado de uma investigação realizada com a finalidade de ressaltar a importância da discussão de dilemas éticos para uma compreensão adequada da ciência e vivência cidadã. A motivação pela temática ocorreu a partir da leitura do livro “A vida Imortal de Henrietta Lacks”. As atividades investigativas foram fundamentadas na metodologia IBSE 7E’s, integrando no currículo as ferramentas da Web 2.0. Na culminância do projeto, as conclusões foram expostas para a comunidade em um evento anual, promovido pela instituição de ensino. Acredita-se que projetos dessa natureza contribuem no desenvolvimento de conceitos políticos, éticos, morais e de cidadania desses estudantes.
La descarga de datos todavía no está disponible.
Siqueira Colvero, A., & Scheid Neusa, M. J. (2017). DISCUSSÕES ÉTICAS PARA UMA ADEQUADA COMPREENSÃO DA CIÊNCIA COMO INSTITUIÇÃO. Tecné Episteme Y Didaxis: TED. Recuperado a partir de https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/TED/article/view/4822

Borges, R. M. R. (1991). A Natureza do Conhecimento Científico e a Educação em Ciências. Dissertação (Mestrado em Educação), Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis.

Brasil. (1997). Parâmetros Curriculares Nacionais. Ministério da Educação. Secretaria do Ensino Fundamental. Brasília-DF.

Bybee, R. W. (2009). The BSCS 5E Instructional Model and 21st Century Skills, Disponível em: http://itsisu.concord.org/share/Bybee_21st_Century_Paper.pdf. Acesso em 12 dez 2014.

Machado, P.; Costa, M. F. M. (2014). An IBSE Approach for teaching the concept of Density in preschool and primary school. Hands-on Science. Science Education with and for Society. Disponível em http://hdl.handle.net/1822/30344. Acesso em 20 fev 2015.

Petrucci, D.; Dibar Ure, M. C. (2001). Imagen de la Ciencia en alumnos universitarios: uma revisión y resultados. Enseñanza de las Ciencias. Barcelona. 19 (2), 217-229.

Reis, P. (2004). Controvérsias sócio-científicas: Discutir ou não discutir? Percursos de aprendizagem na disciplina de Ciências da Terra e da Vida. Tese. (Doutoramento em Educação) - Departamento de Educação da Faculdade de Ciências, Universidade de Lisboa, Lisboa.

______(2009). Ciência e Controvérsia. REU, 35 (2), 9– 15.

______ (2013). Da discussão à ação sociopolítica sobre controvérsias sócio- científicas: uma questão de cidadania. Ensino de Ciências e Tecnologia em Revista, 3 (1), 01-10.

Scheid, N. M. J.; Ferrari, N.; Delizoicov, D. (2005). A construção coletiva do conhecimento científico sobre a estrutura do DNA. Ciência & Educação, Bauru, 11 (2), 223-233.

Skloot, R. (2011). A vida imortal de Henrietta Lacks. São Paulo: Cia das Letras.