Tecnologia da informação e comunicação na escola sob a ótica de paulo freire

  • Mary Cippolat Antonini
  • Maria John Scheid Neusa
  • Lizandra Nascimento Andrade
Publicado
2017-10-13
O presente texto resulta da pesquisa em andamento no Mestrado em Ensino Científico e Tecnológico, intitulada “As Potencialidades da Utilização de Tecnologias Digitais Móveis no Processo de Ensino e Aprendizagem das Ciências Naturais”, cujo objetivo primordial é a elaboração de uma proposta de uso adequado das tecnologias para aprimorar a formação intelectual e humana dos adolescentes em tempos de comunicação virtual. Nesta etapa inicial, buscamos ampliar as compreensões sobre as TICs como instrumentos de qualificação do processo de ensinar e aprender, especialmente no que se refere ao ensino de Ciências. Analisamos as concepções de Paulo Freire – autor-referência em educação no Brasil – acerca dos desafios do aperfeiçoamento permanente das práticas educativas, por meio da inclusão das tecnologias nas situações de ensino e aprendizagem.
Palabras clave: Tecnologias Móveis. Ensino. Aprendizagem. Paulo Freire. (es)
La descarga de datos todavía no está disponible.
Antonini, M. C., Scheid Neusa, M. J., & Nascimento Andrade, L. (2017). Tecnologia da informação e comunicação na escola sob a ótica de paulo freire. Tecné Episteme Y Didaxis: TED. Recuperado a partir de https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/TED/article/view/4767

Freire, P. (1976). Educação e Mudança. 17 ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra.

Freire, P. (1987). Pedagogia do Oprimido. 17 ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra.

Freire, P. (1996). Pedagogia da Autonomia. Rio de Janeiro: Paz e Terra.

Freire, P. (2001). Política e Educação.5 ed. São Paulo: Cortez Editora.

Freire, P. (2011). Pedagogia da Esperança. Um reencontro com a Pedagogia do Oprimido. São Paulo: Paz e Terra.

Ghiggi, G. (2008). A Pedagogia da Autoridade a Serviço da Liberdade. Diálogos com Paulo Freire e professores em formação. 2 ed. Pelotas: Seiva.

Ghiggi, G. (2011). A autoridade a serviço da liberdade: diálogos com Paulo Freire e professores em formação. Florianópolis: Perspectiva. v.19, n.2, p. 469-492.

Leite, R.; Feitora, R. A. (2011). As contribuições de Paulo Freire para um Ensino de Ciências Dialógico. Disponível em: www.nutes.ufrj.br/abrapec/viiienpec/. Acesso em 09/04/2016.

Nascimento, L. A.; Ghiggi, G.. (2015). Hannah arendt e paulo freire. A Educação e o Compromisso com a Conservação e a Transformação do Mundo. TESE DE DOUTORADO. Pelotas (RS), UFPel.

Santos, Wildson Luiz Pereira dos; Mortimer, Eduardo Fleury. (2002). Uma análise de pressupostos teóricos da abordagem CT-S (Ciência - Tecnologia - Sociedade) no contexto da educação brasileira. Ensaio- Pesquisa em Educação em Ciências, 2 (2), 1-23.