Investigação dos conhecimentos prévios sobre animais peçonhentos de futuros pedagogos

Investigation of Previous Knowledges about Poisonous Animals of Future Pedagogues

Investigación de los conocimientos previos sobre animales ponzoñosos de futuros pedagogos

Publicado
2020-01-01

Los accidentes causados por animales ponzoñosos son un grave problema de salud pública en Brasil. En ese sentido, desarrollar conocimiento sobre esos animales y divulgar informaciones correctas, por medio de actividades educativas, puede ser el camino para disminuir el número de accidentes y exponer la importancia ecológica de esos animales de interés médico. Esa investigación tuvo como objetivo principal investigar los conocimientos previos sobre animales ponzoñosos de los participantes de un taller realizado en el 6º Seminario Institucional Pibid/UERGS. La investigación se desarrolló en la Universidad Federal del Rio Grande del Sur, en el municipio de Alegrete/RS – Brasil. Participaron como sujetos de esa investigación¿ nueve discentes del curso de pedagogía de la UERGS y, antes de empezar las actividades del taller, titulado Materiales Didácticos para la Enseñanza de Ciencias, fue aplicado un cuestionario con cinco preguntas objetivas. Después del análisis cuantitativo de los cuestionarios, se observó que la mayoría de los participantes de taller cometieron errores conceptuales graves sobre la identificación de los animales ponzoñosos, principalmente sobre serpientes y arañas. En ese sentido, se cree que es necesario que el tema de animales ponzoñosos sea trabajado en cursos de formación de profesores de pedagogía. De esa forma, los futuros profesores, además del cuidado personal, podrán convertirse en multiplicadores de información correcta, por medio de niños y otras personas a su alrededor posibilitando la disminución del número de accidentes por medio de la prevención. 

Palabras clave: Educación, estudiante, profesor (es)
educação, estudante, professor (pt)
education, student, professor, animals (en)

Alonso, J. L. (2006). Análisis de la prevalencia en la atención al traumatismo pediátrico prehospitalario y hospitalario en Gran Canaria. Pediatrícos, (65), 2-5.

Andrade, S. M. e Mello, M. H. P. (2001). Acidentes de transporte terrestre em município da região sul do Brasil. Revista de Saúde Pública, 35(3), 318-320. https://doi.org/10.1590/S0034-89102001000300017 DOI: https://doi.org/10.1590/S0034-89102001000300017

Andraus, L. M. S., Minamisava, R., Borges, I. K. e Barbosa, M. A. (2005). Primeiros socorros para criança: relato de experiência. Acta Paulista de Enfermagem, 18(2), 220-225. https://doi.org/10.1590/S0103-21002005000200016 DOI: https://doi.org/10.1590/S0103-21002005000200016

Armond, J. E., Temporini, E. R. e Alves, M. R. (2001). Promoção da saúde ocular na escola: percepções de professores sobre erros de refração. Arquivos Brasileiros de Oftalmologia, 64(5), 395 400. https://doi.org/10.1590/S0004-27492001000500005 DOI: https://doi.org/10.1590/S0004-27492001000500005

Azeredo, R. e Stephens-Stidham, S. (2003). Design and implementation of injury prevention curricula for elementary schools: lessons learned. Injury Prevention, 9(3), 274-278. http://dx.doi.org/10.1136/ip.9.3.274 DOI: https://doi.org/10.1136/ip.9.3.274

Barreto, E. S. (1999). Os currículos do Ensino Fundamental para as escolas brasileiras. Autores Associados.

Bello, J.L.P. (2004). Metodologia Científica. https://amauroboliveira.files.wordpress.com/2013/03/metodologia-cientc3adfica_josc3a9-luiz-de-paiva-bello.pdf

Bizzo, N. M. V. (2002). Ciências: fácil ou difícil? Ática.

Brasil. Secretaria da Educação Fundamental. (1997). Parâmetros curriculares nacionais: introdução aos parâmetros curriculares nacionais. Secretaria da Educação Fundamental.

Brasil (1998). Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil. Ministério da Educação e do Desporto. Secretaria da Educação Fundamental.

Brasil. Ministério da Saúde. (2009). Manual de diagnóstico e tratamento de acidentes por animais peçonhentos. Fundação Nacional da Saúde.

Borges, R. C. (2001). Serpentes Peçonhentas Brasileiras. Editora Atheneu.

Busquets, M. D. e Leal, A. (1998). A educação para a saúde. En Busquets, M. D., Cainzos, M., Fernández, T., Leal, A., Moreno, M., Sastre, G., Temas transversais em educação: Bases para uma formação integral (pp. 61-103). Ática.

Carelli, L. A. e Olivi, M. L. (1992). Relato de uma experiência em saúde escolar com alunos do magistério. Revista Brasileira de Saúde Escolar, 2(1), 27-31.

Carvalho, F. F. (2008). Acidentes Infantis: Relatos de Diretores e Professores do Ensino Fundamental e Análise do Material Didático. [Tesis de Magister no publicada, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho].

Castro, D. P. e Lima, D. C. (2013). Conhecimento do tema ofidismo entre futuros professores de Ciências Biológicas do Estado do Ceará. Ciência & Educação, 19(2), p. 35-52. https://doi.org/10.1590/S1516-73132013000200011 DOI: https://doi.org/10.1590/S1516-73132013000200011

Cobern, W. W (1994). World View, Culture, and Science Education. Science Education International, 4(5), 5-8.

Cobern, W. W. e Loving, C. C. (2001). Defining Science in a Multicultural World: Implications for Science Education. Science Education, 85(1), 50-67. https://doi.org/10.1002/1098-237X(200101)85:1%3C50::AID-SCE5%3E3.0.CO;2-G

Couto, J. M. (2008). As contribuições do ensino-aprendizagem de biologia na prevenção de acidentes com serpentes peçonhentas. [Memoria para optar al Título de Biólogo, Universidade Estadual do Ceará].

Ducatti-Silva, K. C. (2005). A formação no curso de Pedagogia para o ensino de ciências nas séries iniciais. [Tesis de Magister no publicada, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho].

Faria, E. O. e Braga, M. G. C. (1999). Propostas para minimizar os riscos de acidentes de trânsito envolvendo crianças e adolescentes. Ciência & Saúde Coletiva, 4(1), 95-107. https://doi.org/10.1590/S1413-81231999000100008 DOI: https://doi.org/10.1590/S1413-81231999000100008

Frederick, K., Bixby, E., Orzel, M. N., Stewart-Brown, S. e Willett, K. (2000). An evaluation of the effectiveness of the Injury Minimization Programme for Schools (IMPS). Injury Prevention, 6(2), 92-95. http://dx.doi.org/10.1136/ip.6.2.92 DOI: https://doi.org/10.1136/ip.6.2.92

Fernandes, H. P., Pereira-Silva, E. F. L. e Veraszto, E. V. (2011). Avaliação do Conhecimento Sobre Animais Peçonhentos e Venenosos entre Estudantes de Escola Pública de Mogi-Guaçu, SP. En Anais ii Congresso Nacional de Educação Ambiental & iv Encontro Nordestino de Biogeografia, Vol. único, João Pessoa, PB.

Ferreira, A. M. e Soares, C. A. A. A. (2008). Aracnídeos peçonhentos: Análise das informações nos livros didáticos de ciências. Ciência & Educação, 14(2), 307-314. https://doi.org/10.1590/S1516-73132008000200009 DOI: https://doi.org/10.1590/S1516-73132008000200009

Gadotti, M. (1998). Pedagogia da práxis. Cortez.

Gioppo, C. (1999). O ovo da serpente: uma análise do conteúdo de ofidismo nos livros didáticos de ciências do ensino fundamental. [Tesis de Magister no publicada, Universidade de São Paulo].

Gonsales, T. P. (2008). Ação educativa de prevenção de acidentes domésticos em escola de ensino fundamental. [Tesis de Magister no publicada, Universidade Estadual Paulista].

Gonsales, T. P. e Gimeniz-Paschoal, S. R. (2007). Opinião de professores do ensino fundamental de uma escola pública a respeito da realização de ação educativa na escola para a prevenção de acidente infantil. En Anais Congresso Brasileiro de Educação, Vol.1., 2007, Bauru, SP: Universidade Estadual de São Paulo.

Guerra, L. e Pasquali, I. S. R. (2018). A educação ambiental como medida preventiva dos acidentes com animais peçonhentos. Educação Ambiental em Ação. http://revistaea.org/artigo.php?idartigo=3369

Leonello, V. M. e L'abbate, S. (2006). Educação em saúde na escola: uma abordagem do currículo e da percepção de alunos de graduação em pedagogia. Interface [Botucatu], 19(10), 149-166. https://doi.org/10.1590/S1414-32832006000100011. DOI: https://doi.org/10.1590/S1414-32832006000100011

Longhini, M. D. (2008). O conhecimento do conteúdo científico e a formação do professor das séries iniciais do Ensino Fundamental. Investigações em Ensino de Ciências, 13(2), 241-253. http://www.if.ufrgs.br/ienci/artigos/Artigo_ID183/v13_n2_a2008.pdf

Liberal, E. F., Aires, R. T., Aires. M. T. e Osório, A. C. A. (2005). Escola segura. Jornal de Pediatria, 5(81), 155-163. http://www.jped.com.br/conteudo/05-81-S155/port.pdf DOI: https://doi.org/10.1590/S0021-75572005000700005

Mise, Y. F., Marques, R. S. e Lira-da-Silva, R. (2005). Um estudo de caso na formação continuada de professores de ciências. En Nardi, R. e Borges, O. (Comp.), Atas do V ENPEC - Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências. Bauru, SP: Universidade Estadual Paulista.

Nascimento, E. N. (2006). A fonoaudiologia e os acidentes humanos: aspectos curriculares e opiniões de docentes e discentes. [Tesis de Magister no publicada, Universidade Estadual Paulista].

Ovigli, D. F. B. e Bertucci, M. C. S. (2009). A formação para o ensino de Ciências naturais nos currículos de pedagogia das instituições públicas de ensino superior paulistas. Revista Ciências e Cognição, 14(2), 194-209.

Parasuraman, A. (1991). Marketing research. Addison Wesley Publishing Company.

Pelicioni, M. C. F. e Gikas, R. M. C. (1992). Prevenção de acidentes em escolares: proposta de metodologia de diagnóstico para programa educativo. Revista Brasileira de Saúde Escolar, Campinas, 2(1), 23-26.

Pereira, I. M. T. B., Penteado, R. Z., Bydlowski, C. R.., Elmor, M. R. D. e Gazzelli, M. E. (2003). Escolas promotoras de saúde: onde está o trabalhador professor? Saúde em Revista, 11(5), 29-34.

Pilleggi de Souza, C. E. e Gabriel de Souza, J. (2005). (Re) conhecendo os animais peçonhentos: diferentes abordagens para a compreensão da dimensão histórica, sócio-ambiental e cultural das ciências da natureza. En Nardi, R. e Borges, O. (Comp.), Anais v enpec- Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, 5, 1-9. Universidade Estadual Paulista.

Pinho, F. M. O. e Pereira, I. D. (2001). Ofidismo. Revista da Associação de Medicina Brasileira, Brasília, 1(47), 24-29. DOI: https://doi.org/10.1590/S0104-42302001000100026

Precioso, J. (2004). Educação para a saúde na universidade: um estudo realizado em alunos da Universidade do Minho. Revista Electrónica Enseñanza de las Ciencias, 3(2), 161-170.

Sandrin, M. F. N., Puorto, G. e Nardi, R. (2005). Serpentes e acidentes ofídicos: um estudo sobre erros conceituais em livros didáticos. Investigações em Ensino de Ciências, Porto Alegre, 10(3), 281- 298.

Santos, M. D. S. e Lira-da-Silva, R. M. (2012). Rede de Zoologia Interativa: É Possível uma Mudança no Perfil Conceitual de Estudantes do Ensino Médio sobre os Animais Peçonhentos? En Martins, I. e Giordan, M. (Comp.), Atas do viii enpec- Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências. Universidade Estadual de Campinas.

Sato, M. e Passos, L. A. (2002). Biorregionalismo - identidade histórica e caminhos para a cidadania. En Loureiro, F., Layrargues, P. e Castro, R. (Comp.), Sociedade e Meio Ambiente: A Construção da Cidadania na Educação Ambiental (pp. 221-252). Cortez.

Sepúlveda, C. A. S. (2003). A relação entre ciência e religião na trajetória de formação profissional de alunos protestantes da licenciatura em ciências biológicas. [Tesis de Magister no publicada, Universidade Federal da Bahia, Universidade Estadual de Feira de Santana].

Silva, E. S., Bochner, R. e Giménez, A. R. M. (2011). The teaching of the main features of Brazilian venomous snakes: didactic literature evaluation of the Elementary School of the Municipality of Rio de Janeiro. Educar em Revista, (42), 297-316. https://doi.org/10.1590/S0104-40602011000500019 DOI: https://doi.org/10.1590/S0104-40602011000500019

Silva, D. B., Lopes, A. P., Pinto, M. N., Acioli, A. N., Brandão, E. G., Montalvao, J. P. e Lima, R. A. (2017). O ensino sobre animais peçonhentos em duas escolas públicas do município de Benjamin Constant-am. Ciência e Natura, (40), 777-789.

São Paulo (Estado) (1994). Secretaria do Meio Ambiente, Coordenadoria de Educação Ambiental. Conferência Intergovernamental Sobre Educação Ambiental. En Educação ambiental e desenvolvimento: documentos oficiais.

Succi, C. M., Wickbold, D. e Succi, R. C. M. (2005). A vacinação no conteúdo dos livros escolares. Revista Associação Médica Brasileira, 2(51), 75-79. DOI: https://doi.org/10.1590/S0104-42302005000200013

Schvartsman, S. (2003). Conceito de risco e segurança. En Waksman, R. D. e Gikas, R. M. C. (Comp.), Segurança na infância e adolescência (pp.3-6). Atheneu.

Vasconcelos, B. S. S. (2014). Percepção dos estudantes do Ensino Médio de Campina Grande sobre os animais peçonhentos. Monografia – Universidade Estadual da Paraíba. Campina Grande.

Willer, B., Dumas, J., Hutson, A. e Leddy, J. (2004). A population based investigation of head injuries and symptoms of concussion of children and adolescents in schools. Injury Prevention, 3(10), 144-148. DOI: https://doi.org/10.1136/ip.2003.005017

APA

Guerra, L., Fanfa, M. de S., & Chitolina Shetinger, M. R. . (2020). Investigação dos conhecimentos prévios sobre animais peçonhentos de futuros pedagogos. Bio-grafía, 13(24). https://doi.org/10.17227/bio-grafia.vol.13.num24-9306

ACM

[1]
Guerra, L., Fanfa, M. de S. y Chitolina Shetinger, M.R. 2020. Investigação dos conhecimentos prévios sobre animais peçonhentos de futuros pedagogos. Bio-grafía. 13, 24 (ene. 2020). DOI:https://doi.org/10.17227/bio-grafia.vol.13.num24-9306.

ACS

(1)
Guerra, L.; Fanfa, M. de S.; Chitolina Shetinger, M. R. . Investigação dos conhecimentos prévios sobre animais peçonhentos de futuros pedagogos. Bio-grafía 2020, 13.

ABNT

GUERRA, L.; FANFA, M. de S.; CHITOLINA SHETINGER, M. R. . Investigação dos conhecimentos prévios sobre animais peçonhentos de futuros pedagogos. Bio-grafía, [S. l.], v. 13, n. 24, 2020. DOI: 10.17227/bio-grafia.vol.13.num24-9306. Disponível em: https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/bio-grafia/article/view/9306. Acesso em: 1 dic. 2021.

Chicago

Guerra, Leonan, Michele de Souza Fanfa, y Maria Rosa Chitolina Shetinger. 2020. «Investigação dos conhecimentos prévios sobre animais peçonhentos de futuros pedagogos». Bio-grafía 13 (24). https://doi.org/10.17227/bio-grafia.vol.13.num24-9306.

Harvard

Guerra, L., Fanfa, M. de S. y Chitolina Shetinger, M. R. . (2020) «Investigação dos conhecimentos prévios sobre animais peçonhentos de futuros pedagogos», Bio-grafía, 13(24). doi: 10.17227/bio-grafia.vol.13.num24-9306.

IEEE

[1]
L. Guerra, M. de S. Fanfa, y M. R. . Chitolina Shetinger, «Investigação dos conhecimentos prévios sobre animais peçonhentos de futuros pedagogos», Bio-grafía, vol. 13, n.º 24, ene. 2020.

MLA

Guerra, L., M. de S. Fanfa, y M. R. . Chitolina Shetinger. «Investigação dos conhecimentos prévios sobre animais peçonhentos de futuros pedagogos». Bio-grafía, vol. 13, n.º 24, enero de 2020, doi:10.17227/bio-grafia.vol.13.num24-9306.

Turabian

Guerra, Leonan, Michele de Souza Fanfa, y Maria Rosa Chitolina Shetinger. «Investigação dos conhecimentos prévios sobre animais peçonhentos de futuros pedagogos». Bio-grafía 13, no. 24 (enero 1, 2020). Accedido diciembre 1, 2021. https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/bio-grafia/article/view/9306.

Vancouver

1.
Guerra L, Fanfa M de S, Chitolina Shetinger MR. Investigação dos conhecimentos prévios sobre animais peçonhentos de futuros pedagogos. Bio-grafía [Internet]. 1 de enero de 2020 [citado 1 de diciembre de 2021];13(24). Disponible en: https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/bio-grafia/article/view/9306

Descargar cita

Citaciones

Crossref Cited-by logo
0

Métricas PlumX

Visitas

215

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.