FORMAÇÃO DE PROFESSORES E ENSINO INCLUSIVO DE CIÊNCIAS: ESTADO DA ARTE

  • Laís Mariane Duda Vieira
  • Elaine Maria Dos Santos
  • Lúcia Virginia Mamcasz Viginheski
Publicado
2021-11-19

O trabalho objetiva discutir o ensino inclusivo de Ciências, na perspectiva formação de professores, a partir de pesquisas de mestrado e doutorado. Apresenta abordagem qualitativa e utiliza como estratégia de pesquisa o estado da arte. A fonte de referência para realizar o levantamento de dados foi a Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações (BDTD), num recorte temporal entre 2010 a 2020. Foram encontradas quinze pesquisas que abordaram a temática. Os resultados revelam que a formação dos professores é um dos problemas que afetam a inclusão de estudantes com deficiência nas aulas de ciência. Os docentes entendem a importância de incluir, entretanto, não se sentem preparados para isso. Dessa forma, se faz necessário investimentos, tanto na formação inicial como na formação continuada dos professores para o ensino inclusivo

Palabras clave: Inclusão, Formação de professores, Ensino de Ciências (pt)

Arruda, A. M., Banquinho, F.T., Bueno, S. N. Ciências no Ensino Fundamental. p. 117-210, 2006. Disponível em:http://www.curriculouerj.pro.br/imagens/docPub/05_ciencia_174.pdf>. Acesso em: 22 de set. 2020.

Basso, S. P. S. Cursos de licenciatura na área de ciências: a temática inclusão escolar de alunos com necesidades educacionais especiais. Bauru,2015.

Benite, C.R.M. Formação do professor e docência em Química em rede social: estudos sobre inclusão escolar e o pensar comunicativo. (Tese de Doutorado). Goiânia: UFG, 2011.

Brasil. Conselho Nacional de Educação. Solicitação de esclarecimento sobre as Resoluções CNE/CP nºs 1/2002, que institui Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação de Professores da Educação Básica, em nível superior, curso de licenciatura, de graduação plena,Parecer CNE/CES nº 15, de 13 de dezembro de 2005. Brasília, Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, 15 de maio de 2006.

BRASIL. Ministério da Educação e Cultura. Lei nº. 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Fixa as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasília, DF: MEC, 1996.

________. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: introdução aos parâmetros curriculares nacionais/Secretaria de Educação Fundamental. Brasília: MEC/SEF, 1997. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/livro01.pdf> Acesso em: 21 de set. 2020.

Chassot, A. Alfabetização científica: questões e desafios para a educação. 2 ed. Ijuí:Unijuí, 2002. 440p.

Correia, L. M. Inclusão e necessidades educativas especiais: um guia para educadores e professores. Porto: Porto Editora, 2005

________. O sistema educativo português e as necessidades educativas especiais ou quando inclusão quer dizer exclusão. In: CORREIA, L. M. (Org.). Educação especial e inclusão: quem disser que uma sobrevive sem a outra não está no seu perfeito juízo. Porto: Porto Editora, 2003. p. 11-39.

Fagundes, S. A. Percepções de professores das políticas públicas de formação para a inclusão educacional de crianças com diagnóstico de transtorno de déficit de atenção e hiperatividade. 2011. 142 f. Dissertação (Mestrado em Educação) -Universidade Tuiuti do Paraná, Curitiba, 2011.

Fernandes, S.F.P., A Formação de Professores de Ciências Biológicas e a Educação Inclusiva [manuscrito]: Uma Interface da FormaçãoInicial e Continuada. Goiãnia,2012.

Ferreira Silva, C. et al. Educação Inclusiva e o ensino de Ciências. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas – Licenciatura). Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix. Acervo da Iniciação Científica, n. 1, 2013. Disponível em: http://www3.izabelahendrix.edu.br/ojs/index.php/aic/article/view/402. Acesso em: 12 out. 2020.

Fumegalli,R.C.A., INCLUSÃO ESCOLAR: O DESAFIO DE UMA EDUCAÇÃO PARA TODOS? 2012. 50 f. Monografia

(Especialização) - Curso de Pedagogia, Departamento de Pedagogia, Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul – UnijuÍ, Ijuí, 2012. Disponível em: . Acessoem:20 set.2020.

Gil, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 2002.

Góes, M.C.R. Relações entre desenvolvimento humano, deficiência e educação: contribuições da abordagem históricocultural. In: OILVEIRA, M.K.; SOUZA, D.T.R.; REGO, T.C. Psicologia, educação e as temáticas da vida contemporânea. São Paulo: Moderna, 2002, p. 95-114.

Gonçalves, S.S. Abordagem histórico cultural em sala de aula inclusiva de matemática [manuscrito]: o processo de apropriação do conceito da função derivada por um aluno cego. Ouro Preto, 2014.

Kassar, M. C. M. Educação especial na perspectiva da educação inclusiva: desafios da implantação de uma política nacional. Educar em Revista. Curitiba: UFPR, n. 41, p. 61-79, 2011.

APA

Duda Vieira, L. M., Dos Santos, E. M., & Mamcasz Viginheski, L. V. (2021). FORMAÇÃO DE PROFESSORES E ENSINO INCLUSIVO DE CIÊNCIAS: ESTADO DA ARTE. Tecné, Episteme y Didaxis: TED, (Número Extraordinario), 938-946. Recuperado a partir de https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/TED/article/view/15217

ACM

[1]
Duda Vieira, L.M., Dos Santos, E.M. y Mamcasz Viginheski, L.V. 2021. FORMAÇÃO DE PROFESSORES E ENSINO INCLUSIVO DE CIÊNCIAS: ESTADO DA ARTE. Tecné, Episteme y Didaxis: TED. Número Extraordinario (nov. 2021), 938-946.

ACS

(1)
Duda Vieira, L. M.; Dos Santos, E. M.; Mamcasz Viginheski, L. V. FORMAÇÃO DE PROFESSORES E ENSINO INCLUSIVO DE CIÊNCIAS: ESTADO DA ARTE. Tecné. Episteme. Didaxis: TED 2021, 938-946.

ABNT

DUDA VIEIRA, L. M.; DOS SANTOS, E. M.; MAMCASZ VIGINHESKI, L. V. FORMAÇÃO DE PROFESSORES E ENSINO INCLUSIVO DE CIÊNCIAS: ESTADO DA ARTE. Tecné, Episteme y Didaxis: TED, [S. l.], n. Número Extraordinario, p. 938-946, 2021. Disponível em: https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/TED/article/view/15217. Acesso em: 30 nov. 2021.

Chicago

Duda Vieira, Laís Mariane, Elaine Maria Dos Santos, y Lúcia Virginia Mamcasz Viginheski. 2021. «FORMAÇÃO DE PROFESSORES E ENSINO INCLUSIVO DE CIÊNCIAS: ESTADO DA ARTE». Tecné, Episteme y Didaxis: TED, n.º Número Extraordinario (noviembre):938-46. https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/TED/article/view/15217.

Harvard

Duda Vieira, L. M., Dos Santos, E. M. y Mamcasz Viginheski, L. V. (2021) «FORMAÇÃO DE PROFESSORES E ENSINO INCLUSIVO DE CIÊNCIAS: ESTADO DA ARTE», Tecné, Episteme y Didaxis: TED, (Número Extraordinario), pp. 938-946. Disponible en: https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/TED/article/view/15217 (Accedido: 30noviembre2021).

IEEE

[1]
L. M. Duda Vieira, E. M. Dos Santos, y L. V. Mamcasz Viginheski, «FORMAÇÃO DE PROFESSORES E ENSINO INCLUSIVO DE CIÊNCIAS: ESTADO DA ARTE», Tecné. Episteme. Didaxis: TED, n.º Número Extraordinario, pp. 938-946, nov. 2021.

MLA

Duda Vieira, L. M., E. M. Dos Santos, y L. V. Mamcasz Viginheski. «FORMAÇÃO DE PROFESSORES E ENSINO INCLUSIVO DE CIÊNCIAS: ESTADO DA ARTE». Tecné, Episteme y Didaxis: TED, n.º Número Extraordinario, noviembre de 2021, pp. 938-46, https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/TED/article/view/15217.

Turabian

Duda Vieira, Laís Mariane, Elaine Maria Dos Santos, y Lúcia Virginia Mamcasz Viginheski. «FORMAÇÃO DE PROFESSORES E ENSINO INCLUSIVO DE CIÊNCIAS: ESTADO DA ARTE». Tecné, Episteme y Didaxis: TED, no. Número Extraordinario (noviembre 19, 2021): 938-946. Accedido noviembre 30, 2021. https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/TED/article/view/15217.

Vancouver

1.
Duda Vieira LM, Dos Santos EM, Mamcasz Viginheski LV. FORMAÇÃO DE PROFESSORES E ENSINO INCLUSIVO DE CIÊNCIAS: ESTADO DA ARTE. Tecné. Episteme. Didaxis: TED [Internet]. 19 de noviembre de 2021 [citado 30 de noviembre de 2021];(Número Extraordinario):938-46. Disponible en: https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/TED/article/view/15217

Descargar cita

Visitas

36

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.