1A055 Reflexões sobre a mercantilização da educação e a formação dos professores de ciências dos anos iniciais

Juliana dos Santos Pereira
Talamira Taita Rodrigues Brito

Temos por finalidade estabelecer uma relação entre a mercantilização da educação e a formação de professores polivalentes dos anos iniciais do Ensino Fundamental que também ensinam ciências naturais. A pesquisa de abordagem qualitativa, está na fase de levantamento bibliográfico sobre as questões que compõe a formação deste professor e como este reage ao dia a dia da sala de aula a partir de sua formação. Os levantamentos feitos até agora apontam que a educação tem sido cada vez mais marcada pela lógica capitalista, sobretudo a formação dos professores, que sofre com a pressão do mercado e a precarização do trabalho docente. Evidenciou como a categoria não tem tido condições de desenvolver uma relação com sua produção intelectual e as necessidades da sala de aula. A resistência deverá ser a melhor arma para mantê-los atentos e lutar por melhores espaços formativos e de trabalho.

Pereira, J. dos S., & Brito, T. T. R. (2018). 1A055 Reflexões sobre a mercantilização da educação e a formação dos professores de ciências dos anos iniciais. Tecné Episteme Y Didaxis TED, (Extraordin). Recuperado a partir de http://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/TED/article/view/8723
BORGES, R. C. P. Formação para o ensino de ciências baseado em investigação. 2010. Tese (Doutorado- Programa de Pós-Graduação em Educação. Área de Concentração: Ensino de Ciências e Matemática)- Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, 2010.
BRASIL. Constituição Federal de 1988. Disponível em: http://www.dji.com.br/constituicao_federal/cf205a214.htm. Acesso em: Acesso em: 22 jun. 2017.
BRASIL. Resolução CNE/CP nº 1, de 15 de Maio de 2006. Diretrizes Curriculares Nacionais para o Curso de Graduação em Pedagogia, licenciatura.
BRASIL. Lei de diretrizes e bases, da educação nacional, de dezembro de 1996. Disponível em . Acesso em: 22 jun. 2017.
CIAMPA, Antônio da Costa. Identidade humana como metamorfose: a questão da família e do trabalho e a crise de sentido no mundo moderno. Encontro internacional “Família e psicanálise”- Novas Tendências clínicas (Universidade São Marcos): São Paulo, 1998.
CUNHA, M. I. (Org.) Formatos avaliativos e concepção de docência. Campinas: Autores Associados, 2006. 232 p. (Coleção Educação Contemporânea).
DEMO, Pedro. Pesquisa: princípio científico e educativo. 8ªed. São Paulo: Cortez, 2001.
FREIRE, PAULO. Pedagogia da Autonomia. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1996.
GIROUX, Henri A. Os Professores como intelectuais: Rumo a uma pedagogia crítica da aprendizagem. Porto Alegre: ARTMED, 1997.
SHULMAN, L.S. Those Who Understand: Knowledge Growth in Teaching. Disponível emacesso em 28set2017.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Article Details