1A045 Desafios educacionais: reflexões sobre a proposta ‘Escola Sem Partido’

Carolina Nicolodi Dias
Anderson Daniel Stochero
Lúcia Fernanda Renner
Cênio Back Weyh

O estudo reflexivo discute a proposta do movimento e Projeto de Lei Escola Sem Partido a partir de artigos publicados em periódicos abordando controvérsias sobre o tema, objeto de análise. O movimento parte do pressuposto de que o Estado deve manter-se neutro em questões políticas, ideológicas, religiosas, especialmente no trato da educação. No artigo objetivou-se analisar criticamente esta proposta, as implicações na formação e práticas docentes e possíveis impactos na educação brasileira. Como tema emergente, é pertinente que a academia se interesse em aprofundar as contradições do processo a fim de que haja maior clareza do jogo de poder que permeia este debate. Metodologicamente o trabalho caracteriza-se como de revisão bibliográfica e emerge de projeto de pesquisa que investiga as contribuições dos clássicos do pensamento político-pedagógico brasileiro.

Dias, C. N., Stochero, A. D., Renner, L. F., & Weyh, C. B. (2018). 1A045 Desafios educacionais: reflexões sobre a proposta ‘Escola Sem Partido’. Tecné Episteme Y Didaxis TED, (Extraordin). Recuperado a partir de http://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/TED/article/view/8717
Amorin, M. A, Salej, A. P. (2016) O Conservadorismo Saiu do Armário! A luta contra a ideologia de gênero do movimento escola sem partido. Revista Artemis. 22(1), 32-42 Recuperado de http://www.periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/artemis/article/view/32142
Brasil. (1988) Constituição Federal Brasileira, Brasil.
Brasil. (2015) Projeto de Lei nº 867/2015. Brasília, Brasil: Câmara dos Deputados.
Freire, P. (1983) Educação e mudança. Rio de Janeiro, Brasil: Paz e Terra.
Freire, P.; Shor, I. (1987) Medo e ousadia. O Cotidiano do professor. Rio de Janeiro, Brasil: Paz e Terra.
Frigotto, G. (2016) “Escola sem Partido”: Imposição da Mordaça aos Educadores. e- Mosaicos. 5(9), 11-13 doi: 10.12957/e-mosaicos.2016.24722
Gil, A. C. (2010) Como elaborar projetos de pesquisa. 5.ed. São Paulo, Brasil: Atlas.
Marques, M. O. (1992) Os Paradigmas da Educação. Revista Brasileira Estudos Pedagógicos, 73(175), 547-65 doi: 10.24109/2176-6681.rbep.73i175.1241
Programa Escola Sem Partido. (20 de maio de 2018). Apresenta o Movimento Escola Sem Partido. Recuperado de: http://programaescolasempartido.org
Ramos, M. S.; Santoro, A. C. S. (2017) Pensamento Freireano em Tempos de Escola Sem Partido, Inter-Ação 42(1), 140-158 doi: 10.5216/ia.v42i1.44076

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Article Details