A investigação-formação-ação na constituição dos conhecimentos tecnológicos pedagógicos de conteúdo de professores de ciências

The action-research-training in the constitution of technological pedagogical content knowledge of science teachers

  • Paula Vanessa Bervian Universidade Federal da Fronteira Sul
  • Maria Cristina Pansera de Araújo Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul
Publicado
2019-10-11

O movimento de investigação-formação-ação (IFA), pela tríade de interação, propicia reflexão e constituição dos conhecimentos tecnológicos pedagógicos de conteúdo (TPACK), numa perspectiva transformativa. A pesquisa teve aporte teórico e metodológico dos pressupostos da IFA, do framework TPACK, da perspectiva histórico-cultural e análise microgenética. Apresentaremos indícios deste movimento por meio de quatro episódios de quatro grupos focais (audiogravados e transcritos): i. professoras da Educação Básica (GFPEB); ii. licenciandos (GFL1 e GFL2) e iii. formadores da Educação Superior (GFFES). Os grupos focais foram realizados após o desenvolvimento de nove encontros formativos sobre “o papel das tecnologias da informação e comunicação (TIC), na formação e constituição de professores de ciências”, em 2017/2. Os sujeitos participantes (Programa de Iniciação à Docência - PIBID Ciências Biológicas) constituíram uma comunidade autorreflexiva. Há indícios da relação metodológica, no ensino com as TIC, bem como interação formativa. Cada grupo de sujeitos destacou o trabalho com TIC específicas: o GFPEB enfatizou o uso das ferramentas da web e os smartphones; os GFL1 e GFL2, o uso de vídeo em exibição, criação dos alunos e postagens no grupo criado no Facebook e, os GFFES, a utilização do Facebook como instrumento de interação entre licenciandos e formadores em detrimento do uso de e-mail e do Moodle. A IFA intencional possibilitou o processo formativo e interativo dos sujeitos professores pela reflexão em movimentos prospectivos e retrospectivos, que propiciaram novos ciclos na espiral autorreflexiva da constituição dos TPACK de professores de ciências.

Palabras clave: TPACK, teacher training, triad of interaction, ICT (en)
Palabras clave: TPACK, formação de professores, tríade de interação, TIC (pt)
La descarga de datos todavía no está disponible.
Bervian, P. V., & Pansera de Araújo, M. C. (2019). A investigação-formação-ação na constituição dos conhecimentos tecnológicos pedagógicos de conteúdo de professores de ciências. Bio-grafía, 1623–1636. Recuperado a partir de https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/bio-grafia/article/view/11146
Angeli, C., e Valanides, N., I. (2009). Epistemological and methodological issues for the conceptualization, development, and assessment of ICT-TPCK: Advances in technological pedagogical content knowledge (TPCK). Computers & Education, 52, 154-168.
Carvalho, A. M. P. de. (2006). Uma metodologia de pesquisa para estudar os processos de ensino e aprendizagem em salas de aula. Em Santos, F. M. T. dos e Greca, I. M. (Eds.), A pesquisa em ensino de ciências no Brasil e suas metodologias (pp. 13-48). Ijuí: Editora Unijuí.
Cox, S., e Graham, C.R. (2009). Diagramming TPACK in practice: Using an elaborated model of the TPACK framework to analyze and depict teacher knowledge.TechTrends, 53(5), 60-69.
Góes, M. C. R. (2000). A abordagem microgenética na matriz histórico-cultural: uma perspectiva para o estudo da constituição da subjetividade. Cadernos CEDES, 50, p. 21-29. Recuperado de: http://www.scielo.br/pdf/ccedes/v20n50/a02v2050.pdf
Graham, C. R. et al. (2009). TPACK development in science teaching: Measuring the TPACK confidence of inservice science teachers. TechTrends, 53(5), 70 - 79.
Jen, T. H. et al. (2016). Science teachers' TPACK-Practical: Standard-setting using an evidence-based approach. Computers & Education, 95, 45-62.
Jimoyiannis, A. (2010). Designing and implementing an integrated technological pedagogical science knowledge framework for science teachers professional development. Computers & Education, 55, 1259–1269.
Leite, F. A., e Zanon, L. B. (2018). Estilos de Pensamento de Professores da área de Ciências da Natureza em Processo de Investigação-Ação. Insignare Scientia, 1(1), 1-16. Recuperado de: https://periodicos.uffs.edu.br/index.php/RIS/article/view/7852/5457
Mishra, P., e Koehler, M. J. (2006). Technological Pedagogical Content Knowledge: a framework for teacher knowledge. Teachers College Record, 108(6), 1017-1054.
Salvador, D. F., Rolando, L. G. R., e Rolando, R. F. R. (2010). Aplicação do modelo de conhecimento tecnológico, pedagógico do conteúdo (TPCK) em um programa on-line de formação continuada de professores de Ciências e Biologia. Revista electrónica de investigación en educación en ciencias, 5(2), 31-43. https://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo?codigo=3673030
Shulman, L. S. (1986). Those Who Understand: Knowledge Growth in Teaching. Educational Researcher,15(2), 4-14.
Tanak, A. (2018). Designing TPACK-based course for preparing student teachers to teach science with technological pedagogical content knowledge. Kasetsart Journal of Social Sciences, 1-7.
Vigotsky, L. S. (2007). A formação social da mente. 7. ed. São Paulo: Martins Fontes.
Yeh, Y. F. et al. (2015). Science Teachers’ Proficiency Levels and Patterns of TPACK in a Practical Context. Journal of Science Education and Technology, 24,78–90.
Zanon, L. B. (2003). Interações de licenciandos, formadores e professores na elaboração conceitual de prática: módulos triádicos na licenciatura de Química. (Tese de doutorado). Universidade Metodista de Piracicaba, Piracicaba, Brasil.