Trilha ecológica como recurso didático para as aulas de ciências e biologia

Ecological track as a teaching resource for the classes of sciences and biology

  • Leonardo Priamo Tonello Universidade Federal da Fronteira Sul
  • Riceli Gomes Czekalski Universidade Federal da Fronteira Sul
  • Amanda Knob Back Universidade Federal da Fronteira Sul
  • Daniela Oliveira de Lima Universidade Federal da Fronteira Sul
  • Roque Ismael da Costa Güllich Universidade Federal da Fronteira Sul
Publicado
2019-10-11

Este trabalho possui a finalidade de demonstrar que a trilha ecológica tem por propósito pedagógico tornar o conhecimento pertinente, sistematizado e com base em uma situação real, contextualizar os conceitos ecológicos/biológicos. A partir de um questionário aberto, analisamos uma atividade desenvolvida no componente curricular de Prática de Ensino em Ciências/Biologia III: Metodologia e Didática do Ensino de Ciências e Biologia, do Curso de Ciências Biológicas – Licenciatura, da Universidade Federal da Fronteira Sul – UFFS, Campus Cerro Largo, a fim de formar professores capazes de realizar planejamentos, metodologias e avaliações numa perspectiva crítica e contextual. Portanto, a trilha ecológica possui o objetivo de contextualizar o ensino através de uma metodologia ativa e desenvolvida no ambiente natural levando futuros professores ao contato direto do estudo teórico aliado ao prático. Na trilha é oportunizado um conhecimento estruturado fora de sala de aula, promovendo questões em relação à Educação Ambiental. Entre as respostas mais destacadas esteve o uso de trilhas ecológicas no ensino fundamental sendo que somente 2:20 licenciandos responderam que tiveram a oportunidade de fazer al atividade com a orientação de um docente na sua trajetória escolar, durante o ensino de Ciências, com o objetivo de observar o meio. Logo, a trilha ecológica apresenta-se no ensino de Ciências/Biologia como forma de ensinar e aprender oportunizando um conhecimento sistematizado, conjuntamente formando cidadãos críticos, a partir da discussão de questões ligadas ao meio ambiente e social, capazes de agir com ética em suas decisões para tornar o mundo um lugar mais próspero para se viver.

Palabras clave: Teacher Formation, Ecology Teaching, Environmental Education, Didactic strategy (en)
Palabras clave: Formação de Professores, Ensino de Ecologia, Educação Ambiental, Estratégia didática (pt)
La descarga de datos todavía no está disponible.
Priamo Tonello, L., Gomes Czekalski, R., Knob Back, A., Oliveira de Lima, D., & da Costa Güllich, R. I. (2019). Trilha ecológica como recurso didático para as aulas de ciências e biologia. Bio-grafía, 916-925. Recuperado a partir de https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/bio-grafia/article/view/10990
Alba, T. M. et al. (2015) Ensinando e aprendendo biologia através de trilha ecológica. Anais do III CIECITEC, URI: Santo Ângelo.
Gauthier, C. (2006). Por uma teoria da pedagogia: Pesquisas contemporâneas sobre o saber docente. (2ª ed). Ijuí: Unijuí.
Güllich, R. I. C. (2017). Formar e ensinar (educar) para o cuidado com o ambiente: uma história de corresponsabilidades. In: Boer, N.; Zanella, D. C. Cadore, S. P. Ensino, ambiente e cultura: interfaces na formação docente. (pp. 93-107). Santa Maria: Unifra.
Libâneo, J. C. (1994). Didática. São Paulo: Cortez.
Louv, R. (2016). A última criança na natureza: resgatando nossas crianças do déficit de natureza. (1ª ed.) São Paulo: Aquariana.
Lüdke, M. & André, M. E. D. A. (2001). Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo: Epu.
Marandino, M.; Selles, S. E.; Ferreira, M. S. (2009). Ensino de Biologia: histórias e práticas em diferentes espaços educativos. São Paulo: Cortez.

Artículos más leídos del mismo autor/a