1B123 Modelagem como recurso didático no ensino de Ciências: A Célula Vegetal

  • Beatriz Almeida de Souza Universidade Federal do Amazonas
  • Francisca Jussara Lopes Martins Universidade Federal do Amazonas
  • Franckson Silva dos Santos Universidade Federal do Amazonas
  • Geiziane Gama dos Santos Universidade Federal do Amazonas
  • Heloísa Ramos Universidade Federal do Amazonas
  • Paulo Bruno Rengifo dos Santos Universidade Federal do Amazonas
  • Simão Pedro Gomes Fernandes Universidade Federal do Amazonas
  • Thaysa Nogueira de Moura Universidade Federal do Amazonas
Publicado
2018-11-15

A utilização de modelos didáticos são grandes aliados no processo de ensino aprendizagem por trazerem inúmeras contribuições. O estudo buscou desenvolver uma atividade que promovesse a interação com a estrutura cognitiva existente servindo de suporte para a apreensão de novas informações, despertando a curiosidade nos alunos sobre a célula vegetal, através da técnica da modelagem. O presente trabalho foi desenvolvido com 29 estudantes de uma escola pública em Benjamin Constant, AM, Brasil, que não estavam acostumados ao uso desse tipo de ferramenta, sendo que um destes possuía um quadro de dislexia. Mesmo com apenas uma única atividade de intervenção foi possível perceber uma melhoria no desempenho dos estudantes, que se beneficiaram da interação social durante a atividade em grupo.

Palabras clave: Botânica; Didática; Ensino Fundamental (pt)
La descarga de datos todavía no está disponible.
Almeida de Souza, B., Lopes Martins, F. J., Silva dos Santos, F., Gama dos Santos, G., Ramos, H., Rengifo dos Santos, P. B., Gomes Fernandes, S. P., & Nogueira de Moura, T. (2018). 1B123 Modelagem como recurso didático no ensino de Ciências: A Célula Vegetal. Tecné Episteme Y Didaxis: TED, (Extraordin). Recuperado a partir de https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/TED/article/view/8876
Brasil. (1998). Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN´s). Ciências Naturais/ Secretaria de Educação Fundamental. Brasília: MEC/SEF. Retrieved from http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/ciencias.pdf.
Ceccantini, G. (2006). Os tecidos vegetais tem três dimensões. Brazilian Journal of Botany. 29(2). 335-337. Retrieved from http://www.scielo.br/pdf/rbb/v29n2/a15v29n2.pdf.
Guimarães, G., Echeverría, A., Moraes, I. (2006). Modelos didáticos no discurso de professores de Ciências. Investigações em ensino de ciências. 11(3). 303-322. Retrieved from https://www.if.ufrgs.br/cref/ojs/index.php/ienci/article/view/485/288.
Nicola, J., Paniz, C. (2017). A importância da utilização de diferentes recursos didáticos no ensino de ciências e biologia. Revista NEaD-UNESP. 2(1). 355-381. Retrieved from https://ojs.ead.unesp.br/index.php/nead/article/view/InFor2120167/pdf.
Silva, L.M., Cavallet, V.J., Alquini, Y. (2006). O professor, o aluno e o conteúdo no ensino de botânica. Revista do Centro de Educação – UFMS. 31(1). 67-80. Retrieved from https://periodicos.ufsm.br/reveducacao/article/view/1490/842.
Silva. R., Silva, D., Oliveira, S., Santos, L., Barros, M. (2017). A confecção de modelos didáticos na introdução do ensino de botânica. Revista Vivências em Ensino de Ciências. 1. 24. Retrieved from https://periodicos.ufpe.br/revistas/vivencias/issue/viewFile/2661/167#page=24.