Investigando o Efeito Leidenfrost: um relato de uma atividade exploratória em dois contextos educativos

  • Cristiano B Moura
  • Vanessa S. Oliveira
Publicado
2017-10-13
Autores defendem que alguns dos objetivos do ensino de ciências atualmente são o desenvolvimento do pensamento crítico dos alunos; produção de reflexões e de conhecimento e construção da autonomia para a tomada de decisões cientificamente informadas. Isso envolve problematizar os modelos científicos e estudar os seus contextos e processos de produção. Por esse motivo, é fundamental familiarizar os estudantes com os processos de avaliação e crítica pelos quais se constitui a ciência. Com este objetivo, o presente trabalho traz o relato de uma atividade exploratória proposta a alunos de duas escolas do Rio de Janeiro, tendo como tema o efeito Leidenfrost. As respostas dos alunos foram organizadas em categorias a partir das quais são traçadas possibilidades para o trabalho do professor em sala de aula e delineadas tendências aparentes nos dois contextos educacionais.
Palabras clave: Formação Científica, Efeito Leidenfrost, Ensino de Química, Epistemologia (es)
La descarga de datos todavía no está disponible.
Moura, C. B., & Oliveira, V. S. (2017). Investigando o Efeito Leidenfrost: um relato de uma atividade exploratória em dois contextos educativos. Tecné Episteme Y Didaxis: TED. Recuperado a partir de https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/TED/article/view/4838

Ford, M. J. (2015). Educational Implications of Choosing “Practice” to Describe Science in the Next Generation Science Standards. Science Education, 99(6), 1041–1048.

Mody, C. (2015). Scientific Practice and Science Education. Science Education, 99(6), 1026–1032.

Delizoicov, D., Angotti, J. A. & Pernambuco, M. M. (2002). Ensino de Ciências: fundamentos e métodos. São Paulo: Cortez Editora.

Pinheiro, N. A. M., Silveira, R. M., & Bazzo, W. (2007). Ciência, tecnologia e sociedade: a relevância do enfoque CTS para o contexto do ensino médio. Ciência & Educação, 13(1), 71-84.

Braga, M., Guerra, A., & Reis, J. C. (2008). O papel dos livors didáticos franceses do século XIX na construção de uma concepção dogmática-instrumental do ensino de Física. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, 25(3), 507-522.

Ferreira, P. F. M., & Justi, R. (2008). Modelagem e o “fazer ciência”. Química nova na escola, 28, 32-36.

Moura, C. B., & Guerra, A. (2016). Ciência e seus autores: um olhar ao longo da história. In: Oliveira, R. D. V. L.; Queiroz, G. R. P. C. (Orgs.). Tecendo diálogos sobre direitos humanos na Educação em Ciências. 1ed. São Paulo: Livraria da Física.

Walker, J. (2010) Boiling and the Leidenfrost Effect. Cleveland State University.

The Scy Guys (2016) Leidenfrost Effect – The Scy Guys: Science at Home [Vídeo]. Disponível em < https://www.youtube.com/watch?v=Sgk4sY9Xn1Uerói.