Discussões sobre a inclusão na formação inicial de professores de matemática

  • Sani De Carvalho Rutz da Silva
  • Lúcia Virginia Mamcasz-Viginheski
  • Elsa Midori Shimazaki
Publicado
2017-10-13
Este artigo apresenta discussões sobre a proposta de inserção de práticas que contribuam para a inclusão de pessoas com necessidades educacionais especiais, na disciplina de Matemática na formação inicial de professores de Matemática. Esta pesquisa apresenta abordagem qualitativa, no sentido de proporcionar reflexões sobre o tema abordado. As atividades foram desenvolvidas na disciplina de Práticas Pedagógicas do Curso de Matemática de uma instituição privada de Ensino Superior, no interior do estado do Paraná, Brasil, Os resultados apontam que oportunizar aos futuros professores conhecimentos sobre a inclusão de pessoas com deficiência em sua formação inicial contribui para reflexões da prática pedagógica, frente às diferenças e, assim, promover uma educação realmente inclusiva.
Palabras clave: Inclusão. Formação de Docentes. Ensino de Matemática. (es)
La descarga de datos todavía no está disponible.
De Carvalho Rutz da Silva, S., Mamcasz-Viginheski, L. V., & Midori Shimazaki, E. (2017). Discussões sobre a inclusão na formação inicial de professores de matemática. Tecné Episteme Y Didaxis: TED. Recuperado a partir de https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/TED/article/view/4815

Nacionais para os cursos de Matemática,

Bacharelado e Licenciatura. CNE/CES n. 1.302/2001, recuperado de

<http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/CES13022.pdf>.

_______ (2000). Ministério da Educação, Secretaria de Educação Especial. Projeto

Escola Viva – Garantindo o acesso e permanência de todos os alunos na

escola – Alunos com necessidades educacionais especiais. Visão histórica.

Brasília: MEC, SESP.

________(2006). Ministério da Educação. Secretaria de Educação Especial.

Saberes e práticas da inclusão: desenvolvendo competências para o

atendimento às necessidades educacionais especiais de alunos cegos e

de alunos com baixa visão. 2. ed. Brasília: MEC, Secretaria de Educação

Especial.

Carvalho, R. E. (2010). Educação inclusiva: com os pingos nos “is”. Porto Alegre:

Mediação.

Faculdade Guairacá - FAG. (2006). Projeto pedagógico do curso de graduação

em matemática – licenciatura. Guarapuava: Autor

Kassar, M. de C. M. (2011, julho-setembro). Educação especial na perspectiva da

educação inclusiva: desafios da implantação de uma política nacional.

Em Educar em revista, 41, 61-79, Curitiba: Editora UFPR.

Mendes, E. G., Almeida, M. A., Toyoda, C. Y. (2011, julho-setembro). Inclusão

escolar pela via da colaboração entre educação especial e educação

regular. Em Educar em Revista, 41, 81-93, Curitiba: Editora UFPR.

Reily, L. (2004). Escola inclusiva: linguagem e mediação. Campinas: Papirus.

Santos, I. M. dos. (2010). Inclusão escolar e a educação para todos. Tese de

Doutorado. Universidade Federal do Rio Grande do Sul.