A mediação do professor e a abordagem intercultural na Educação em Ciências: a apropriação do conceito de biodiversidade em um espaço não formal de ensino

  • Rúbia Amanda Franco Guimarães
  • Danilo Seithi Kato
  • Dayse Kelly Silva
Publicado
2017-10-13
No contexto de um curso pré-vestibular popular, o presente trabalho analisou pelo viés da Interculturalidade de que maneira a mediação de professores promoveu os cruzamentos de fronteiras entre o conhecimento científico e cotidiano acerca do conceito de biodiversidade. Conceito que engloba desde a diversidade biológica até fatores culturais e sociais em sua definição. A pesquisa insere-se na abordagem qualitativa, na perspectiva da etnografia interacional. O procedimento de análise foi realizado a partir da transcrição do registro de vídeo da aula. Foram selecionadas sequências de turnos representativos das interações discursivas entre professores e estudantes. As análises dos turnos de fala permitiram identificar diferentes posicionamentos do professor no intuito de promover estratégias de significação de diferentes aspectos do conceito de biodiversidade.
Palabras clave: Mediação do professor, biodiversidade, Interculturalidade (es)
La descarga de datos todavía no está disponible.
Franco Guimarães, R. A., Kato, D. S., & Silva, D. K. (2017). A mediação do professor e a abordagem intercultural na Educação em Ciências: a apropriação do conceito de biodiversidade em um espaço não formal de ensino. Tecné Episteme Y Didaxis: TED. Recuperado a partir de https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/TED/article/view/4801

Aikenhead, G. S. (2009). Educação científica para todos. Portugal: Edições Pedagogo. Brasil. (2000). Ministério do Meio Ambiente. Secretaria de Biodiversidade e Floretas. Convenção sobre Diversidade Biológica: Conferência para Adoção do Texto Acordado da CDB – Ato Final de Nairobi. Brasília: MMA/SBF. Candela, A. (2006). Del conocimiento extraescolar alconocimiento científico escolar: Un estúdio etnográfico en aulas de laescuela primaria. (Revista Mexicana de Investigación Educativa, vol. 11, núm. 30, julio-septiembre, pp. 797-820. Crepalde, R. S. (2013) Educação Intercultural em Ciências: O ensino e a aprendizagem em Ciências como cruzamento de fronteiras culturais. 36ª Reunião Nacional da ANPEd – 29 de setembro a 02 de outubro de 2013, Goiânia-GO Kawasaki, C. S.; Oliveira, L. B. (2005). Biodiversidade e educação: as concepções de biodiversidade dos formadores de professores de biologia. In.: Atas do IV Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, Baurú, SP.

Lévêque, C. (1999). A Biodiversidade. Bauru: EDUSC.

Mortimer, E. F.; Scott, P. (2002) Atividade discursiva nas salas de aula de ciências: uma ferramenta sociocultural para analisar e planejar o ensino.Investigações em Ensino de Ciências – V7(3), pp. 283-306.