Uma Investigação das concepções dos Pibidianos acerca das relações entre Ciência, Tecnologia e Sociedade a partir do tema Neurociências em um Blog

  • sani Da silva de carvalho rutz
  • fabio seidel do Santos
  • daniela Ferraz frigo
  • antonio carlos de Francisco
Publicado
2017-10-13
Resumo. Apresenta-se os resultados de uma investigação em que se utilizou um blog educacional com alunos participantes do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência, em uma universidade pública do Paraná, Brasil. A partir do tema “Neurociência”, três questões foram elaboradas, com o objetivo de obter concepções dos acadêmicos acerca das relações entre Ciência, Tecnologia e Sociedade. Os resultados mostraram que os participantes apresentaram uma visão reducionista e salvacionista da Ciência e Tecnologia. Concluiu-se, que a dificuldade de enxergar a ambivalência do desenvolvimento neurocientífico e neurotecnológico denota a necessidade da discussão e reflexão acerca de temas sociocientíficos durante a formação inicial de professores.
Palabras clave: Iniciação à Docência, Blogs, Neurociência. (es)
La descarga de datos todavía no está disponible.
Da silva de carvalho rutz, sani, do Santos, fabio seidel, Ferraz frigo, daniela, & de Francisco, antonio carlos. (2017). Uma Investigação das concepções dos Pibidianos acerca das relações entre Ciência, Tecnologia e Sociedade a partir do tema Neurociências em um Blog. Tecné Episteme Y Didaxis: TED. Recuperado a partir de https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/TED/article/view/4790

Auler, D. (2002). Interações entre Ciência-Tecnologia-Sociedade no contexto da formação de professores de ciências. 257f. Tese - Doutorado em Educação: Ensino de Ciencias Naturais, Centro de Ciencias da Educação, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis.

CAPES. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Programa Institucional de Bolsa de Iniciação Científica – PIBID. Disponível em: http://www.capes.gov.br/educacao-basica/capespibid. Último acesso em: 13 jul. 2015.

Flick, U. (2009). Introdução à pesquisa qualitativa. Tradução de Joice Elias Costa. 3a ed. Porto Alegre: Artmed.

García, M. I. G., Cerezo, J. A. L., & López, J. L. L. (1996). Ciencia, Tecnología y Sociedad: Una introducción al estudio social de la ciencia y la tecnología. Madrid: Tecnos.

Marino Junior, R. (2010). Neuroética: o cérebro como órgão da ética e da moral. Revista Bioética, v.18, n.1, p.109-120.

Praia, J., & Cachapuz, A. (2005). Ciência-Tecnologia-Sociedade: um compromisso ético. Revista Iberoamericana de Ciência, Tecnologia e Sociedade, 2(6), 173-194.

Santos, W. L. P. dos. (2011). Significados da educação científica com enfoque CTS. In: Santos, W. L. P. dos, & AULER, D. (Orgs.). CTS e educação científica: desafios, tendências e resultados de pesquisas (pp. 21-48). Brasília, DF: Ed. Universidade de Brasília.

Toninato, M. A. D. (2007).Desafios éticos e bioéticos da neurociência. In: Bioethikos - Centro Universitário São Camilo, v. 1, n. 2, p. 88-95.

Vasquez-Alonso, Á., Manassero-Mas, M. A., Acevedo-Díaz, J. A., & Acevedo-Romero, P. (2008). Consensos sobre a natureza da ciência: a ciência e a tecnologia na sociedade. Química Nova na Escola, 27.