A Responsabilidade Envolvida no Uso da Tecnologia Cotidiana

  • Ron Ferreira
  • Álvaro Chrispino
  • Bruno Bock
Publicado
2017-10-13
A partir de uma análise dos resultados da pergunta 40421, do PIEARCTS, aplicado no Rio de Janeiro, Brasil, o presente artigo realiza um comparativo das respostas de alunos e professores com o Princípio Responsabilidade de Hans Jonas. A tecnologia cada vez mais presente na vida diária tem ganhado um aspecto utilitarista e imediatista. A ética jonasiana converge para a vivencia da cultura CTS, de forma a defender uma prática tecnológica guiada por uma visão responsável, que demonstre uma conscientização das suas implicações sociais, políticas e econômicas. Nos dados da pesquisa constatamos um afastamento desta consciência tecnológica responsável.
Palabras clave: CTS. Hans Jonas. Educação Tecnológica (es)
La descarga de datos todavía no está disponible.
Ferreira, R., Chrispino, Álvaro, & Bock, B. (2017). A Responsabilidade Envolvida no Uso da Tecnologia Cotidiana. Tecné Episteme Y Didaxis: TED. Recuperado a partir de https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/TED/article/view/4678

Assmann, H. (2000). A metamorfose do aprender na sociedade da informação. Ciência da Informação, 29(2), 7-15.

Bazzo, W. (2002). A pertinência de abordagens CTS na educação tecnológica. Revista Ibero-Americana de Educação, 28, 83-99.

Bazzo, W. (2012). Cultura Científica versus Humanística: A CTS é o elo? Revista Ibero-Americana de Educação, 58, 61-79.

Chrispino, A. & Belmino, H. (2009). Análise preliminar do PIEARCTS no Rio de Janeiro: o exemplo do conceito de tecnologia. VIII Congreso Internacional sobre Investigación en Didáctica de las Ciencias, Barcelona, 2984-2989.

Jonas, H. (2006). O Princípio responsabilidade: ensaio de uma ética para uma civilização tecnológica (M. Lisboa e L. B. Montez, Trans.). Rio de Janeiro: Contraponto/PUC-Rio.

Linsingen, I. (2006). CTS na educação tecnológica: tensões e desafios. I Congreso Iberoamericano de Ciencia, Tecnología, Sociedade e Innovación CTS+I, Mesa 4, Cidade do México.

Salazar, V.; Pinzón, A. & Martínez, F. (2014). Las cuestiones sociocientíficas y el razonamiento moral y ético. Revista Tecné, Episteme y Didaxis [n. extraordinario], 8-21.

Silva, M. A.; Melo, T.; Bock, B. & Chrispino, A. (2015). A contribuição da construção social da tecnologia para a abordagem CTS: desafios a partir dos resultados PIEARCTS. Revista Interacções, 34, 201-221.

Vázquez-Alonso, A.; Manassero Mas, M. A.; Acevedo-Díaz, J. A. & Acevedo-Romero, P. (2008). Consensos sobre a Natureza da Ciência: A ciência e a tecnologia na sociedade. Revista Química Nova na Escola, 27, 34-50.