Análise dos referenciais teóricos da área de CTS no Ensino de Ciências a partir das Teses brasileiras

  • Carlos Eduardo Toledo de Rosas
  • Bárbara Bittencourt Azevedo
  • Alvaro Chrispino
Publicado
2017-10-13
A humanização da Ciência e Tecnologia está presente nas pesquisas no Ensino de Ciências (EC). Nessa visão, uma área de destaque é a dos Estudos em Ciência, Tecnologia e Sociedade. Devido ao seu caráter heterogêneo, entendê-lo se torna uma necessidade para o aprofundamento dos estudos. Dessa forma, este trabalho buscou todas as Teses brasileiras na área de Ensino de Ciências, entre 1993 e 2015, para analisar seus referenciais teóricos, determinando as obras mais referenciadas e os autores mais citados. Esse trabalho está associado às pesquisas do Grupo CTS e Educação do CEFET/RJ, nas quais a área é vista como uma rede interligada por seus atores.
Palabras clave: CTS, Referenciais teóricos, Teses, Ensino (es)
La descarga de datos todavía no está disponible.
Toledo de Rosas, C. E., Bittencourt Azevedo, B., & Chrispino, A. (2017). Análise dos referenciais teóricos da área de CTS no Ensino de Ciências a partir das Teses brasileiras. Tecné Episteme Y Didaxis: TED. Recuperado a partir de https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/TED/article/view/4512

Aikenhead, G.. (2005). Educación Ciencia-Tecnología-Sociedad (CTS): una

buenaidea como quiera que se lellame. Educación Química, 6(2), 114-124.

Araújo, R.F.. (2009). Os grupos de pesquisa em Ciência, Tecnologia e Sociedade

no Brasil. Revista Brasileira de Ciência, Tecnologia e Sociedade, v.1, n.1, p.81-97,

jul/dez.

Auler, D.; Dalmolin, A.M.T.; Fenalti, V.S.. (2009). Abordagem Temática: natureza dos

temas em Freire e no enfoque CTS. ALEXANDRIA Revista de Educação em

Ciência e Tecnologia, v.2, n.1, p.67-84, mar.

Cachapuz, A.; Paixão, F.; Lopes, J.B.; Guerra, C.. (2008). Do Estado da Arte da

Pesquisa em Educação em Ciências: linhas de pesquisa e o caso “Ciência-

Tecnologia-Sociedade. Alexandria - Revista de Educação em Ciência e

Tecnologia, v. 1, n. 1, p. 27-49.

Chrispino, A.; Lima, L.S.; Albuquerque, M.B.. (2013). Vendo CTS como rede: as

publicações mais prestigiadas no Brasil. Enseñanza de las Ciencias, v. extra, p.

-923.

Chrispino, A.; Lima, L.S.; Albuquerque, M.B.; Freitas, A.C.C.; Silva, M.A.F.B.. (2013). A

área CTS no Brasil vista como rede social: onde aprendemos? Ciência &

Educação, v. 19, n. 2, p. 455-479.

Fagundes, S.M.K.; Piccini, I.P.; Iamarque, T.; Terrazzan, E.A..(2009). Produções em

educação em ciências sob perspectiva CTS/CTSA. VII Encontro Nacional de

Pesquisa em Educação em Ciências. Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

Ferst, E.M.. (2013). A abordagem CTS no ensino de ciências naturais: possibilidades

de inserção nos anos iniciais do ensino fundamental. Revista EDUCAmazônia -

Educação Sociedade e Meio Ambiente, v. 11, n. 2, p. 276-299.

Freitas, L.M.; Ghedin, E.. (2015). Pesquisas sobre Estado da Arte em CTS: Análise

Comparativa com a Produção em Periódicos Nacionais. ALEXANDRIA Revista

de Educação em Ciência e Tecnologia, v.8, n.3, p.3-25, novembro.

Gil, A.C.. (2002). Como elaborar projetos de pesquisa. 4a. ed. Brasil, São Paulo:

Atlas.

Miranda, E.M.. (2012). Tendências das perspectivas Ciência, Tecnologia e

Sociedade (CTS) nas áreas de Educação e Ensino de Ciências: uma análise a

partir de teses e dissertações brasileiras e portuguesas. Tese. São Carlos :

UFSCar.

Tomaél, M.I.; Marteleto, R.M.. (2005). Redes sociais: posições dos atores no fluxo da

informação. Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação

(ENANCIB), no. 6. Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

Toledo, C.E.R.T.; Albuquerque, M.B.; Chrispino, A.; Böck, B.S.. (2016). Os temas de

pesquisa que orbitam o enfoque CTS: uma Análise de Rede sobre as Teses

publicadas no Brasil. In: V Seminário Ibero-americano CTS - IX Seminário CTS.

Aveiro, Portugal. Anais do V SIACTS2016 (em andamento). Portugal: Aveiro.