EJA E FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE CIÊNCIAS: QUANTIFICAÇÃO DE ARTIGOS EM PERIÓDICOS BRASILEIROS

AXIS AND TRAINING OF SCIENCE TEACHERS: QUANTIFICATION OF ARTICLES IN BRAZILIAN NEWSPAPERS

EPJA E FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE CIÊNCIAS: QUANTIFICAÇÃO DE ARTIGOS EM PERIÓDICOS BRASILEIROS

  • Maria Júlia Freire
  • Anselmo Calzolari
Publicado
2021-11-19

Considerando que a apropriação do conhecimento científico é emancipadora na atual conjuntura social e que educar jovens e adultos significa garantia de direitos e ampliação da cidadania, entende-se que conhecer as perspectivas que a Educação em Ciências atribui a este grupo de pessoas permitem pautar modelos para formação de professores. Este trabalho é parte de uma pesquisa bibliográfica realizada em periódicos brasileiros de Ensino de Ciências Qualis A, compreendendo o período de 1979 a 2019, e traz resultados quantitativos de artigos na intersecção entre Educação em Ciências e Educação de Pessoas Jovens e Adultas (EPJA). O estudo mostra que a preocupação de pesquisas nesta intersecção começa a ser frequente a partir de 2004, entretanto, é evidenciado a incipiência de pesquisas nesta área, concentrando apenas 0,55% de todos os trabalhos publicados.

Palabras clave: EPJA, Bibliographic research, Scientific literacy (en)
EPJA, Investigación bibliográfica, Alfabetización científica (es)
EPJA, Pesquisa Bibliográfica, Alfabetização Científica (pt)

Araújo, S. P, & Carneiro M. H. da S. (2014). Educação de jovens e adultos no ensino médio, uma revisão bibliográfica sobre o ensino de ciências. Ciência & Cognição, Ilha do

fundão, 19 (1), p.96-104.

Aubert, A., Flecha, A., García, C., Flecha, R., & Racionero, S. (2016). Aprendizagem dialógica na sociedade da informação(1ed.). São Carlos: EDUFSCar.

Braga, F. M., & Fernandes J. R. (2015). Educação de jovens e adultos: contribuições de artigos em periódicos brasileiros indexados na base SciELO (2010-2014). Caderno CEDES, Campinas, 35 (96), p.173-196

Cunha, R. B. (2018). O que significa alfabetização ou letramento para os pesquisadores da educação científica e qual o impacto desses conceitos no ensino de ciências. Ciência & Educação, Bauru, 02 (01), p.27-41.

Di Pierro, M. C. (2008). Educação de jovens e adultos na América Latina e Caribe: Trajetória recente. Cadernos de Pesquisa,38 (134), p.367-391.

Diniz-Pereira, J. E. (2014). Da racionalidade técnica à racionalidade crítica: Formação docente e transformação social. Perspectivas em diálogo: Revista de Educação e Sociedade. Naviaraí, 01 (01), p.34-42.

Fernandes, R. C. A., & Megid-Neto, J. (2007). Pesquisas sobre o estado da arte em educação em ciências: uma revisão em periódicos científicos brasileiros. In: Encontro Nacional de Pesquisas em Educação em Ciências, VI, 2007, Florianópolis, SC. Anais do VI ENPEC. Florianópolis: UFSC.

FlechA, R. (1997). Compartiendo palabras: El aprendizaje de las personas adultas a través del diálogo (1ed.). Barcelona: Espasa Libros, S. L. U.

Flecha, R., & Mello, R. R. (2012). A formação de educadoras e educadores para um modelo social de educação de pessoas jovens e adultas: perspectiva dialógica. Revista da FAEEBA-Educação e Contemporaneidade, Salvador,21(37), p.39-52.

FourEZ, G.(2003). Crise no ensino de ciências?Investigações em Ensino de Ciências, Porto Alegre, 08 (02), p.109-123.

Lima, T. C. S. D., & Mioto, R. C. T. (2007). Procedimentos metodológicos na construção do conhecimento científico: a pesquisa bibliográfica. Revista Katálysis, Florianópolis,10, p.37-45.

Lopes, M. R. De O., & Ferreira, T. L. (2015). A educação de jovens e adultos e o ensino de ciências: uma revisão da literatura. Revista Científica Interdisciplinar, [S.I.], 2 (7), p.69-424.

Lorenzetti, L., & Delizoicov, D. (2001). Alfabetização no contexto das séries iniciais. Revista ensaio, Belo Horizonte, 03 (7), p.45-61.

Marques, J. K., & Bozzini, I. C. T. (2019) Questões de gênero na educação de jovens e adultos: levantamento dos trabalhos do ENPEC (1997-2017). Revista Prâksis, Novo Hamburgo, 16 (2), p.148-162.

Nóvoa, A. (2009). Para uma formação de professores construída dentro da profissão. Revista Educación. (350), p.25-46.

Nóvoa, A. (2012). Devolver a formação de professores aos professores. Caderno de Pesquisa em Educação. Vitória/ES, 18 (35), p.11-22.

Rocha, M. A. P. M., Silva, D. A. M. da. & Martins, I. (2017). Relações entre EJA e educação em ciências: análise da literatura da área e das políticas públicas. In: Encontro Nacional de Pesquisas em Educação em Ciências, XI, 2017, Florianópolis, SC. Anais do XI ENPEC. Florianópolis: UFSC.

Teixeira, P.M.M., & Megid-Neto, J. (2012). O estado da arte da pesquisa em ensino de Biologia no Brasil: um panorama baseado na análise de dissertações e teses. Revista Electrónica de Enseñanza de las Ciencias. Vigo/ES, 11 (2), p.273-297

APA

Freire, M. J., & Calzolari, A. (2021). EJA E FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE CIÊNCIAS: QUANTIFICAÇÃO DE ARTIGOS EM PERIÓDICOS BRASILEIROS. Tecné, Episteme y Didaxis: TED, (Número Extraordinario), 832-837. Recuperado a partir de https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/TED/article/view/15185

ACM

[1]
Freire, M.J. y Calzolari, A. 2021. EJA E FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE CIÊNCIAS: QUANTIFICAÇÃO DE ARTIGOS EM PERIÓDICOS BRASILEIROS. Tecné, Episteme y Didaxis: TED. Número Extraordinario (nov. 2021), 832-837.

ACS

(1)
Freire, M. J.; Calzolari, A. EJA E FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE CIÊNCIAS: QUANTIFICAÇÃO DE ARTIGOS EM PERIÓDICOS BRASILEIROS. Tecné. Episteme. Didaxis: TED 2021, 832-837.

ABNT

FREIRE, M. J.; CALZOLARI, A. EJA E FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE CIÊNCIAS: QUANTIFICAÇÃO DE ARTIGOS EM PERIÓDICOS BRASILEIROS. Tecné, Episteme y Didaxis: TED, [S. l.], n. Número Extraordinario, p. 832-837, 2021. Disponível em: https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/TED/article/view/15185. Acesso em: 29 nov. 2021.

Chicago

Freire, Maria Júlia, y Anselmo Calzolari. 2021. «EJA E FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE CIÊNCIAS: QUANTIFICAÇÃO DE ARTIGOS EM PERIÓDICOS BRASILEIROS». Tecné, Episteme y Didaxis: TED, n.º Número Extraordinario (noviembre):832-37. https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/TED/article/view/15185.

Harvard

Freire, M. J. y Calzolari, A. (2021) «EJA E FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE CIÊNCIAS: QUANTIFICAÇÃO DE ARTIGOS EM PERIÓDICOS BRASILEIROS», Tecné, Episteme y Didaxis: TED, (Número Extraordinario), pp. 832-837. Disponible en: https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/TED/article/view/15185 (Accedido: 29noviembre2021).

IEEE

[1]
M. J. Freire y A. Calzolari, «EJA E FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE CIÊNCIAS: QUANTIFICAÇÃO DE ARTIGOS EM PERIÓDICOS BRASILEIROS», Tecné. Episteme. Didaxis: TED, n.º Número Extraordinario, pp. 832-837, nov. 2021.

MLA

Freire, M. J., y A. Calzolari. «EJA E FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE CIÊNCIAS: QUANTIFICAÇÃO DE ARTIGOS EM PERIÓDICOS BRASILEIROS». Tecné, Episteme y Didaxis: TED, n.º Número Extraordinario, noviembre de 2021, pp. 832-7, https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/TED/article/view/15185.

Turabian

Freire, Maria Júlia, y Anselmo Calzolari. «EJA E FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE CIÊNCIAS: QUANTIFICAÇÃO DE ARTIGOS EM PERIÓDICOS BRASILEIROS». Tecné, Episteme y Didaxis: TED, no. Número Extraordinario (noviembre 19, 2021): 832-837. Accedido noviembre 29, 2021. https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/TED/article/view/15185.

Vancouver

1.
Freire MJ, Calzolari A. EJA E FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE CIÊNCIAS: QUANTIFICAÇÃO DE ARTIGOS EM PERIÓDICOS BRASILEIROS. Tecné. Episteme. Didaxis: TED [Internet]. 19 de noviembre de 2021 [citado 29 de noviembre de 2021];(Número Extraordinario):832-7. Disponible en: https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/TED/article/view/15185

Descargar cita

Visitas

23

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.