Contribuições de componentes da licenciatura em Ciências Biológicas na constituição do educador ambiental

Gabriela de Vargas de Rosa
Vidica Bianchi
María Cristina Pansera de Araújo

A educação ambiental é uma construção histórica de valores e responsabilidades, num processo de mudanças de atitudes quanto a relação ser humano e natureza, considerando a vida em sociedade. O objetivo do trabalho é verificar a contribuição da formação profissional na Licenciatura em Ciências Biológicas para a constituição do educador ambiental, numa perspectiva interdisciplinar do conhecimento. Para tanto, foram realizadas as análises das ementas e referências dos componentes curriculares Ecologia, Prática de Ensino I: Fundamentos teóricos e práticos em ciências e Prática de ensino VI: Prática de Pesquisa Biológica inscritos no Projeto Pedagógico do Curso de Ciências Biológicas da Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUI), implantado em 2009. As discussões propiciadas a partir deste conhecimento, em sala de aula, proporcionam espaços de reflexão sobre a responsabilidade individual e coletiva na mudança de atitude quanto a relação com o ambiente.

de Vargas de Rosa, G., Bianchi, V., & Pansera de Araújo, M. (2015). Contribuições de componentes da licenciatura em Ciências Biológicas na constituição do educador ambiental. Bio-Grafía Escritos Sobre La Biología Y Su Enseñanza, 1080.1089. https://doi.org/10.17227/20271034.vol.0num.0bio-grafia1080.1089

Gabriela de Vargas de Rosa, Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUI).

Aluna do Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas, na Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUI).

Vidica Bianchi, Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUI).

Doutora Professora do Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas da Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUI); Vidica.bianchi@unijui.edu.br

María Cristina Pansera de Araújo, Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUI)

Doutora Professora do Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas da Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUI); pansera95@gmail.com
BRASIL,1998, Parâmetros Curriculares Nacionais. Ensino Fundamental, Brasília, Brasil, Mec./Sef.

CAPRA, F. 2003, Alfabetização ecológica: O desafio para educação do século XXI, Rio de Janeiro, Brasil.

CARVALHO, C. 2001, Ecologia e desenvolvimento, Rio de janeiro, Brasil, Terceiro milênio.

CUEVAS, R.M.R. 2007. Interdisciplina, complejidad y formación ambiental. In Perspectivas da educação ambiental ibero-americana: Conferencias do V Congresso Ibero-Americano de Educação Ambiental – Joenville, SC. Rio de Janeiro: Associação Projeto Roda Viva.

FLORIANI, D., KNECHTEL R. M.2003, Educação ambiental, Epistemologias e metodologias. Curitiba, Brasil.

JACOBI, P. et al. (orgs.)1997. Educação, meio ambiente e cidadania: reflexões e experiências. São Paulo, Brasil, SMA.

LEFF, Enrique. 1999 (p.111-129). Educação ambiental e desenvolvimento sustentável. In REIGOTA, Marcos (org.). Verde cotidiano: o meio ambiente em discussão. Rio de Janeiro, Brasil, DP&A.

LEFF, Enrique. 2001 Saber Ambiental: sustentabilidade, racionalidade, complexidade, poder, Rio de Janeiro, Brasil, Vozes.

LEONIR, Y. 1997A importância da indisciplinaridade na formação dos professores de ensino fundamental: São Paulo, Brasil. Caderno de pesquisa, fundação Carlos chaga.

LUDKE, M.; ANDRE, M. 1986 Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo, Brasil: EPU.

MORIN, Edgar, 1984, Ciencia com consciência, Barcelona, Espanha: AnthroposPIMENTA, Selma Garrido e GHEDIN, Evandro (Orgs.)2002. Professor Reflexivo no Brasil – Gênese e crítica deum conceito. – São Paulo,Brasil: Cortez,

VIGOTSKY, L.,1991 A Formação social da mente. São Paulo, Brasil: Martins Fontes.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Article Details