BIO-GEO-GRAFÍAS: Experiencias espaciales y construcción de la identidad docente

Mariana Martins de Meireles
Jussara Fraga Portugal
El presente texto se entreteje en los estudios que se ocupan de las historias de vida, caminos formativos y profesionales de Geografía dedicados a la enseñanza en las escuelas rurales, situadas en la región Semiárida de Bahía/Brasil. Esta es una investigación llevada a cabo dentro de las acciones del Grupo de Investigación (Auto)biografía, Formación y Historia Oral (GRAFHO), en el Programa de Posgrado en Educación y Contemporaneidad de la Universidad do Estado da Bahía (UNEB/PPGEduC). Las investigaciones se basan en los principios epistemológicos con enfoque cualitativo de investigación, apoyada en la perspectiva autobiográfica, con énfasis en historias de la vida y la investigación narrativa. Este texto toma como centralidad trayectorias de capacitación de profesores de Geografía en escuelas rurales a través de sus bio-geo-grafías narran/escriben las circunstancias espaciales de sus experiencias. Las narraciones docentes, fueran recopilados por entrevistas narrativas y en las descripciones de los memoriales escritos, mientras destaca la complejidad de las experiencias espacio-temporales, los desafíos y los enfrentamientos (los dilemas y tensiones), y las formas específicas y singulares para la práctica de la profesión en el contexto rural, en el contexto social y educativo de la Bahía/Brasil. En una perspectiva hermenéutica de comprensión de las narrativas, el estudio también destaca que las trayectorias de vida-formación insertados en experiencias espaciales (concretos y simbólicos) son miembros de los sujetos y implican en la constitución de la identidad de la enseñanza de los profesores de Geografía de escuelas rurales, así como en la orientación y (re)preparación de sus prácticas de enseñanza. Además, los espacios de vida, formación y profesión están incluidos en estas búsquedas como espacios simbólicos, real y experiencial que constituyen sus identidades docentes.
de Meireles, M., & Portugal, J. (2018). BIO-GEO-GRAFÍAS: Experiencias espaciales y construcción de la identidad docente. Anekumene, (4), 72-87. Recuperado a partir de http://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/anekumene/article/view/7539

Mariana Martins de Meireles

Doutoranda em Educação e Contemporaneidade. Mestre em Educação e Contemporaneidade - PPGEduC/UNEB. Fez Mestrado Sanduíche na Universidade de São Paulo- FEUSP. Licenciada em Geografia pela Universidade do Estado da Bahia - UNEB - Campus/Serrinha. Professora da Rede Municipal de Tucano. Orientadora Pedagógica na Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Tucano- BA/ Programa Despertar. Pesquisadora do Grupo de Pesquisa (Auto)Biografia, Formação e História Oral - GRAFHO/PPGEduC/UNEB. Membro da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação - ANPEd. Ocupa-se com estudos e pesquisas no âmbito da Educação em espaços rurais, Profissão docente, Formação Docente, Prática de Ensino em Geografia e áreas.

Jussara Fraga Portugal

Possui graduação em Licenciatura em Geografia e Especialização em Supervisão Escolar pela Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), Especialização em Avaliação, Mestrado e Doutorado em Educação e Contemporaneidade pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB), instituição onde atua como docente, ministrando as disciplinas Prática de Ensino e Estágio Supervisionado em Geografia, no Campus XI, na cidade de Serrinha/BA. Coordenadora do Grupo de Pesquisa Geo(BIO)grafar – Geografia, diversas linguagens e narrativas de professores.

Bertaux, Daniel. Narrativas De Vida: A Pesquisa E Seus Métodos. Tradução Zuleide Alves Cardoso Cavalcante E Denise Maria Gurgel Lavallée. 2. Ed. São Paulo: Paulus, 2010. 167 P.
Bhabha, H. K. O Local Da Cultura. Tradução Myriam Ávila Et Al. Belo Horizonte: Ufmg, 2010.
Bomtempo, Denise Cristina; Sposito, Eliseu Savério. Lugar, Sonhos E Migração: Uma Leitura Dos Movimentos Migratórios Entre Japão E Brasil. In: Sposito, Eliseu Savério; Bomtempo, Denise
Cristina; Sousa, Adriano Amaro. (Orgs.). Geografia E Migração: Movimentos, Territórios E Territorialidades. São Paulo: Expressão Popular, 2010. P. 59-84.
Callai, Helena. C. Estudar O Lugar Para Compreender O Mundo. In: Castrogiovani, Antonio Carlos (Org.). Ensino De Geografia: Práticas E Textualizações No Cotidiano. Porto Alegre: Mediação, 2000. P. 85-136.
Carlos, Ana Fani Alessandri. O Lugar No/Do Mundo. São Paulo. Hucitec, 1996.
Cavalcanti, Lana De Souza. A Geografia Escolar E A Cidade: Ensaio Sobre O Ensino De Geografia Para A Vida Urbana Cotidiana. Campinas: Papirus, 2008.
Costa, Cléria Botelho Da. Memórias Compartilhadas: Os Contadores De História. In: Costa, Clé- ria Botelho Da; Magalhães, Nancy Aléssio. Contar Histórias, Fazer História – História, Cultura E Memória. Brasília: Paralelo 15, 2001, P. 73-84.
Delory-Momberger, Christine. A Condição Biográfica – Ensaios Sobre A Narrativa De Si Na Modernidade Avançada. Tradução Carlos Eduardo G. Braga; Maria Da Conceição Passeggi; Nelson Patriota. Natal, Rn: Edufrn, 2012. 155 P.
Escobar, Arturo. O Lugar Da Natureza E A Natureza Do Lugar: Globalização Ou Pós-Desenvolvimento? In: Lander, Edgardo. A Colonialidade Do Saber: Eurocentrismo E Ciências Sociais. Buenos Aires: Clacso, 2005, P. 133-168.
Fernandes, Bernardo M; Cerioli, Paulo R.; Caldart, Roseli S. Primeira Conferência Nacional “Por Uma Educação Básica Do Campo”: Texto Preparatório. In: Gonzalez, Miguel Arroyo; Caldart, Roseli Salete; Molina, Mônica Castagna (Org.). Por Uma Educação Do Campo. Petró- polis: Vozes, 2004. P. 133-145.
Flick, Uwe. Introdução À Pesquisa Qualitativa. Tradução Joice Elias Costa. 3. Ed. Porto Alegre: Artmed, 2009. 405 P.
Jovchelovitch, Sandra; Bauer, Martin W. Entrevista Narrativa. In: Bauer, M. W.; Gaskell, George. Pesquisa Qualitativa Com Texto, Imagem E Som – Um Manual Prático. Tradução Pedrinho Guareschi. Petrópolis, Rj: Vozes, 2002, P. 90-113.
Massey, Barbara Doreen. Um Sentido Global Do Lugar. In: Arantes, Antonio A. (Org.). O Espaço Da Diferença. Campinas: Papirus, 2000. P. 176-185.
Meireles, Mariana Martins De. Macabéas Às Avessas: Trajetórias De Professoras De Geografia Da Cidade Na Roça – Narrativas Sobre Docência E Escolas Rurais. 244F. (Dissertação – Mestrado).
Programa De Pós-Graduação Em Educação E Contemporaneidade Da Universidade Do Estado Da Bahia – Ppgeduc/Uneb. Salvador-Ba, 2013.
Nogueira, Amélia Regina Batista. Uma Interpretação Fenomenológica Na Geografia. In: Silva, Aldo A. Dantas; Galeno, Alex (Org.). Geografia: Ciência Do Complexus: Ensaios Transdiciplinares. Porto Alegre, Sulina, 2004. P. 209-236.
Nóvoa, António. Os Professores E As Histórias Da Sua Vida. In: Nóvoa, António. (Org.). Vidas De Professores. 2. Ed. Porto: Porto Editora, 2007, P.11-30.
________. Formação De Professor E Profissão Docente. In: _________. (Org.). Os Professores E Sua Formação. Lisboa: Dom Quixote, 1992. P. 15-34.
Portugal, Jussara Fraga. “Quem É Da Roça É Formiga!”: Histórias De Vida, Itinerâncias Formativas E Profissionais De Professores De Geografia De Escolas Rurais. 350F. (Tese – Doutorado).
Programa De Pós-Graduação Em Educação E Contemporaneidade Da Universidade Do Estado Da Bahia – Ppgeduc/Uneb. Salvador-Ba, 2013.
Ricouer, Paul. Teoria Da Interpretação: O Discurso E O Excesso De Significação. Trad. Artur Morão. Lisboa: Edições 70, 1976.
Santos, Milton. Território E Sociedade: Entrevista Com Milton Santos. São Paulo: Fundação Perseu Abramo, 2000.
Schütze, Fritz. Pesquisa Biográfica E Entrevista Narrativa. In: Weller, Wivian; Pfaff, Nicolle. (Orgs.). Metodologias Da Pesquisa Qualitativa Em Educação: Teoria E Prática. Petrópolis, Rj: Vozes, 2010. P. 210-222.
Souza, Elizeu Clementino. O Conhecimento De Si: Estágio E Narrativas De Formação De Professores. Rio De Janeiro: Dp&A; Salvador: Uneb, 2006. 184 P.
Tuan, Yi-Fu. Espaço E Lugar: A Perspectiva Da Experiência. Tradução Lívia De Oliveira. São Paulo: Difel, 1983. 250P.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.
Bio-geo-grafía, Profesores de Geografía, Escuelas Rurales, Labor Docente, Investigación Narrativa

Article Details