9A014 A Polêmica da Fosfoetanolamina na Formação Inicial de Professores de Química: Reflexões sobre Comunicação e Ética na Ciência

Marcelo Giordan
Gabriel S Gomes
Isabela L. A Dourado
João G. F. Romeu

Alguns objetivos para o Ensino de Ciências na Educação Básica são a compreensão do seu funcionamento e a forma como se divulgam seus produtos. Aliado a esse objetivo, trazer temas que promovam o engajamento dos estudantes e passíveis de problematização sociocientífica se coloca como necessário para dar sentido aos objetos estudados em sala de aula. Destarte, a ação docente é fundamental para a implementação desses tópicos, aspecto que merece destaque na formação inicial e continuada de professores de Química. O presente trabalho mostra como a polêmica da liberação da fosfoetanolamina no Brasil pode contribuir como tema problematizador para o planejamento do ensino de Química, bem como suscitar discussões acerca dos meios pelos quais a comunidade científica tem seus produtos divulgados para o público em geral a partir de um minicurso produzido por licenciandos em Química

Giordan, M., Gomes, G. S., Dourado, I. L. A., & Romeu, J. G. F. (2018). 9A014 A Polêmica da Fosfoetanolamina na Formação Inicial de Professores de Química: Reflexões sobre Comunicação e Ética na Ciência. Tecné Episteme Y Didaxis TED, (Extraordin), 1-5. Recuperado a partir de http://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/TED/article/view/9164
GIORDAN, M (2013). Computadores e linguagens nas aulas de Ciências. Ijuí, Brasil: Unijuí.
PÉREZ, L. F. M. e CARVALHO, W. L. P. (2012) Contribuições e dificuldades da abordagem de questões sociocientíficas na prática de professores de Ciências. Educação e Pesquisa, 38(3), 727 – 741.
PIVETTA, M. (2016) A prova final da fosfoetanolamina. Pesquisa FAPESP, 243, 17-23.
SANTOS, W. L. P. (2007) Contextualização no ensino de Ciências por meio de temas CTS em uma perspectiva crítica. Ciência & Ensino, 1, 1 – 12.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Article Details