8B007 Reflexões sobre o lugar das questões de gênero e sexualidade na formação do professor de biologia, em uma perspectiva decolonial.

  • Yonier Alexander Orozco Marín Universidade Federal de Santa Catarina (Florianópolis, Brasil)

Resumen

São diversas as situações escolares que envolvem assuntos de gênero e sexualidade. Porém, são poucas as oportunidades em que essas situações são abordadas por meio de perspectivas não colonizadas e binárias. O trabalho objetivou construir provocações sobre o lugar das questões de gênero e sexualidade na formação do professor de biologia, a partir da caracterização dos discursos de professores em formação quando colocados diante de situações escolares que envolvem gênero e sexualidade. Com a análise das respostas, evidenciou-se que as questões de gênero se articulam de maneira estruturante, fundante e transversal nos discursos dos professores, que na maioria dos casos fixam e normalizam as identidades. Mas em outros casos, abrem espaço para a reflexão e transgressão. 

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Referencias

Bhabha, H. (2003). O Local da Cultura. Belo Horizonte: Editora da UFMG.
Butler, J. (1993). Bodies that matter. On the discursive limits of sex. New York: Routledge.
Macedo, E. (2007). Um discurso sobre gênero nos currículos de ciências. Educação & Realidade, 32 (1), p. 45-58.
Morgade, G. (2011). Toda educación es sexual: hacia una educación sexuada justa. Buenos Aires: La Crujía.
Publicado
2018-11-22
Cómo citar
Orozco Marín, Y. A. (2018). 8B007 Reflexões sobre o lugar das questões de gênero e sexualidade na formação do professor de biologia, em uma perspectiva decolonial. Tecné Episteme Y Didaxis TED, (Extraordin), 1-6. Recuperado a partir de http://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/TED/article/view/9153