8A004 Saberes docentes: questões de gênero no ensino de biologia – o caso da seleção sexual

  • Mariane Caroline dos Anjos Universidade Estadual de Ponta Grossa
  • Bettina Heerdt Universidade Estadual de Ponta Grossa

Resumen

Os saberes disciplinares específicos do Ensino de Biologia estão embasados não apenas no conhecimento científico, mas por aspectos filosóficos, políticos, sociais e epistemológicos. Nesta pesquisa, as questões de Gênero são identificadas como um dos aspectos que influencia o saber disciplinar. Entende-se Gênero como relações entre mulheres e homens, não definidas apenas por aspectos biológicos, mas que consistem em uma construção social, cultural e história. Na Biologia, descrições sexistas de Gênero permeiam os conteúdos biológicos e não são refletidas na formação docente. Neste artigo, busca-se realizar uma reflexão teórica de como os saberes disciplinares da Biologia, em específico os conhecimentos de seleção sexual, contribuem para a manutenção de um Ensino de Biologia estereotipado, sexista e discriminatório em relação a gênero.   

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Referencias

Abd-El-Khalick, F., y Lederman, N. G. (2000) Improving science teachers‘ conceptions of nature of science: A critical review of the literature. International Journal of Science Education, 22 (7), pp. 665–701.

Alcock, J. (2011). Comportamento animal: uma abordagem evolutiva. 9. ed. -Porto Alegre: Artmed.

Almeida, P, C. A., y Biajone, J. (2007). Saberes docentes e formação inicial de professores: implicações e desafios para as propostas de formação. Educação e Pesquisa, São Paulo, 33(2), pp. 281-295.

Bastos, F. (2009). Formação de professores de biologia. En A. M. A. Caldeira, E. S. N. N Araujo. (Ed.), Introdução à Didática da Biologia (pp. 58-70). São Paulo: Escrituras Editora.

Carvalho, A. M. P., y GIL-PÉREZ, D. (2011) Formação de professores de Ciências: Tendências e Inovações. São Paulo: Cortez.

Darwin, C. (2014) A origem das espécies. Tradução Carlos Duarte e Anna Duarte. 1.ed. São Paulo: Martin Claret.

Dawkins, R. (2001). O gene egoísta. tradução Geraldo H. M. Florsheim. Belo Horizonte: Itatiaia.

França, F. F., y CALSA, G. C. (2010). Intervenção Pedagógica: A Contribuição dos Estudos de Gênero à Formação Docente. Revista de Educação PUC-Campinas, Campinas, (28), pp, 21-31.

Gauthier, C. et al. (1998). Por uma teoria da pedagogia: pesquisas contemporâneas sobre o saber docente. 3 ed. Ijuí: Unijuí.

Gil Pérez, D. et al. (2001) Para uma imagem não deformada do trabalho Científico. Ciência e Educação. 7(2), pp. 125-153.

Heerdt, B.; Batista, I. de L. Questões de Gênero e da Natureza da Ciência na Formação Docente. Investigações em Ensino de Ciências, 21 (2), 30-51, 2016a. Disponível em: https://www.if.ufrgs.br/cref/ojs/index.php/ienci/article/view/7/188

Heerdt, B. (2014). Saberes docentes: Gênero, Natureza da Ciência e Educação Científica. (Tese de doutorado). Universidade Estadual de Londrina, Londrina, Brasil

Louro, G. L. (2008) Gênero e sexualidade: pedagogias contemporâneas. Pro- Posições, 19(2).

Mayr, E. (1998). O desenvolvimento do pensamento biológico: diversidade, evolução e herança. Brasília: UnB.

Pimenta, S. G. (1999). Formação de professores: Identidade e saberes da docência. En Pimenta, S. G (Ed.), Saberes pedagógicos e atividade docente (pp. 15-34). São Paulo: Cortez.

Roughgarden, J. (2004). Evolução do gênero e da sexualidade. Tradução Maria Edna Tenório Nunes. Londrina: Editora Planta.

Schiebinger, L. (2001). O feminismo mudou a ciência? Tradução de Raul Fiker. Bauru, São Paulo: EDUSC.
Scott, J. (1995). Gênero: uma categoria útil de análise histórica. Educação e Realidade. 20(2)

Silva, A. F., Santos, A. P. O., y Heerdt, B. (2017). Questões de Gênero na Educação Científica: Tendências nas Pesquisas Nacionais e Internacionais. En XI Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências XI ENPEC, 2017, Florianópolis. XI Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências XI ENPEC, 2017. pp. 01-10.

TARDIF, M. (2004). Saberes docentes e formação profissional. 17 ed. Petrópolis: Vozes.
Publicado
2018-11-22
Cómo citar
Anjos, M. C. dos, & Heerdt, B. (2018). 8A004 Saberes docentes: questões de gênero no ensino de biologia – o caso da seleção sexual. Tecné Episteme Y Didaxis TED, (Extraordin), 1-7. Recuperado a partir de http://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/TED/article/view/9147