7B038 O aspecto cultural das Questões Sociocientíficas: elementos formativos de uma prática em uma escola pública

Paulo Gabriel Franco dos Santos

Este estudo busca dar ênfase nas potencialidades do aspecto cultural das Questões Sociocientíficas na formação de professores e no contexto de sala de aula. Partindo da premissa da formação cultural como agenda necessária a ser defendida pelo Ensino de Ciências, bem como da importância em se construir contextos para a experiência formativa de professores e alunos, elegemos as Questões Sociocientíficas como conteúdo privilegiado para compor uma agenda formativa crítica. A investigação apresentada busca destacar a conveniência do tema “Cerrado” como Questões Sociocientífica (QSC), dada a sua contextualidade na região e definida em um grupo de professores em formação contínua, bem como analisar a natureza de um processo didático proposto durante um ano letivo, na disciplina de Física, em turmas do Ensino Médio sob a perspectiva da formação cultural e da experiência formativa.

Santos, P. G. F. dos. (2018). 7B038 O aspecto cultural das Questões Sociocientíficas: elementos formativos de uma prática em uma escola pública. Tecné Episteme Y Didaxis TED, (Extraordin), 1-8. Recuperado a partir de http://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/TED/article/view/9135
Adorno, T. W. (2005). Teoria da Semicultura. Primeira Versão, XIII(191), 1–20.
Giroux, H. A. (1997). Os professores como intelectuais: Rumo a uma pedagogia crítica da aprendizagem. Porto Alegre: Artes Médicas.
Ponte, J. P. (2004). Pesquisar para compreender e transformar a nossa própria prática. Educar, (24), 37–66.
Ratcliffe, M., & Grace, M. (2003). Science education for citizenship: teaching socio-scientific issues. Philadelphia: Open University Press.
Robottom, I. (2011). Socio-Scientific Issues in Education: Innovative Practices and Contending Epistemologies. Research in Science Education, 42(1), 95–107. https://doi.org/10.1007/s11165-011-9258-x
Santos, W. L. P. dos. (2007). Educação científica na perspectiva de letramento como prática social: funções, princípios e desafios. Revista Brasileira de Educação, 12(36), 474–550. https://doi.org/10.1590/S1413-24782007000300007
Simonneaux, L., & Simonneaux, J. (2009). Socio-scientific reasoning influenced by identities. Cultural Studies of Science Education, 4(3), 705–711. https://doi.org/10.1007/s11422-008-9145-6
Zeidler, D. L., & Keefer, M. (2003). The role of moral reasoning and the status of socioscientific issues in science education: phylosophical, psychological and pedagogical consideration. In D. L. Zeidler (Ed.), The Role of Moral Reasoning on Socioscientific Issues and Discourse in Science Education (pp. 7–38). Dordrecht: Kluwer Academic Publishers.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.
questões sociocientíficas, formação de professores, experiência formativa, formação cultural

Article Details