5B025 Tecnologias digitais e o cenário de sua utilização por docentes do instituto de natureza e cultura da Universidade Federal do Amazonas

  • Antônio Vagner Almeida Olavo Universidade Federal do Amazonas –UFAM
  • Francisca Carla Ferreira das Chagas Universidade Federal do Amazonas – UFAM
  • Herbert Cristhiano Pinheiro de Andrade Universidade Federal Rural da Amazônia – UFRA
  • Carmen Nebot Pineda GEGOP-CLACSO
  • Antônio Henrique Queiroz Conceição Universidade Federal do Amazonas – UFAM
Palabras clave: atividade docente, tic, tecnologias digitais.

Resumen

Nas relações entre Tics e novos cenários didáticos, emergem as Tecnologias Digitais. O objetivo deste artigo é analisar a utilização das tecnologias digitais pelos docentes do Instituto de Natureza e Cultura da Universidade Federal do Amazonas a partir das categorias: autoria; armazenamento, compartilhamento e busca; imersividade virtual; assistividade. Os dados coletados com a aplicação de questionário aos docentes demonstram que eles utilizam tecnologias digitais, para criarem conteúdo de aula e organizarem a disciplina, ou seja, autoria. Por outro lado, quase não utilizam para avaliação de aprendizagem, representação gráfica imersiva e tecnologia assistiva. Propôs-se melhorias como navegabilidade, capacitação e equipamentos tecnológicos. Conclui-se que a utilização das Tecnologias Digitais deve ir ao encontro da melhoria da interatividade e conectividade.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Referencias

Barbosa, J.A. (2015). Software educacional Hagáquê e suas contribuições
pedagógicas na formação de professores. (Trabalho de Graduação). Universidade Estadual da Paraíba. Campinas Grande, Brasil.
Barros, J. N. Pineda, C. N., y Andrade, H. C. P. (2018). El plan nacional de
educación brasileña (2014-2024) y los desafíos para el desarrollo local. Research, Society and Development, 7(4), 01-21.

Camas, N. P. V. Mandaji M. Ribeiro, R. A, y Megalli N. M. (2013). Professor e Cultura
Digital: reflexão teórica acerca dos novos desafios na ação formadora para nosso século. Revista reflexão e ação, 21(2), 179-198.

Cruz, J. A. S. y Bizelli, J. L. (2015). Docência para o ensino superior: inovação,
informação e construção do conhecimento na era digital. Cad. Ed. Tec. Soc, 8(1), 79-90.

García, A. V. (2013). Las implicaciones educativas de las redes sociales. In Gómes,
J.I.A.; Almenara, J.C.(Cood.). Tecnologías y medios para la educación en la e-sociedad. 91-116.
Jordão, T. C. (2009). A formação do educador para a educação em um mundo
digital. Tecnologias digitais na educação. Brasília, Brasil.

Leite, L. S. Pocho, C. L. y Aguiar, M. M. Sampaio, M. N. (2009). Tecnologia
Educacional: Descubra suas possibilidades na sala de aula. Petrópolis, Brasil: Vozes.

Moran, J. M. Masetto, M. T. & Behrens, M. A. (2015). Novas tecnologias e
mediação pedagógica. Campinas, Brasil: Papirus.

Neto. A. S. (2012) Produção de Multimídia Educacional. Curitiba, Brasil. Faculdade
da Lapa – FAEL.

Souza, D. A. Lopes, A. R. y Albuquerque R. M. (2015). Protótipo de um Jogo
Educativo para o Ensino-Aprendizagem de Memória Virtual por Paginação. Atas do XVII Simpósio Internacional de Informática Educativa. Setúbal, Portugal.

Zednik, H. Tarouco, L. M. R. Klering, L. R. Valcárcel, A. G. y Guerra, E. P. M. (2014).
Taxonomia e Matriz de Decisão das Tecnologias Digitais na educação: proposta de apoio à incorporação da tecnologia em sala de aula. Tecnologias, sociedade e conhecimento, 2(1), 85-104.
Publicado
2018-11-19
Cómo citar
Olavo, A. V. A., Chagas, F. C. F. das, Andrade, H. C. P. de, Pineda, C. N., & Conceição, A. H. Q. (2018). 5B025 Tecnologias digitais e o cenário de sua utilização por docentes do instituto de natureza e cultura da Universidade Federal do Amazonas. Tecné Episteme Y Didaxis TED, (Extraordin), 1-8. Recuperado a partir de http://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/TED/article/view/9047