2B053 Redes sociais de amizades como proposta a ser aplicada no ensino interdisciplinar

  • Tiago Da Silva Almeida Universidade Federal do Amazonas
  • Israel Barreto dos Santos Universidade Federal do Amazonas.
  • José Dos Santos Guimarães Neto, Universidade Federal do Amazonas
  • Edilanê Mendes dos Santos Universidade Federal do Amazonas

Resumen

Este trabalho foi a primeira etapa de um projeto que busca aplicar conceitos matemáticos da teoria dos grafos em redes sociais formadas por indivíduos de uma determinada comunidade escolar. A primeira fase descrita aqui, buscou mostrar como um determinado grupo de estudantes universitários podem ter suas interações sociais explicadas por meio de métricas matemáticas, oferecendo subsídios para análises voltadas a dinâmica social. Os resultados mostraram o comprimento do menor caminho de 1,454 o que é esperado para pequenas redes com grande conectividade. Este trabalho tem caráter interdisciplinar, por mostrar aos alunos de que forma as Ciências Exatas e Humanas “dialogam” entre si. Logo, o acadêmico-pesquisador estará ao par de que forma as interações sociais podem ser explicadas matematicamente.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Referencias

Barabasi, A. L. (2003). Linked. Plume. New York.
Bastian, M., Heymann, S., & Jacomy, M. (2009). Gephi: an open source software for exploring and manipulating networks. International AAAI Conference on Weblogs and Social Media, 8(2009), 361-362. Deschamps, G. (2017). Entenda a teoria dos seis graus de separação. Acessado Abril 4, 2018, em https://muralcientifico.com/2017/09/03/entenda-a-teoria-dos-seis-graus-de-separacao/
Lee, C. & Cunningham, P. (2013). Community detection: effective on large social networks. Journal of Complex Networks (2014) 2, 19-37. Minkov, E., Cohen, W. W., & Ng, A. Y. (2006, August). Contextual search and name disambiguation in email using graphs. In Proceedings of the 29th annual international ACM SIGIR conference on Research and development in information retrieval (pp. 27-34). ACM. Pinheiro, N. A. M. (2005). Educação crítico-reflexiva para um ensino médio científico-tecnológico: a contribuição do enfoque CTS para o ensino aprendizagem do conhecimento matemático. Vaz, C. R., Fagundes, A. B., & Pinheiro, N. A. M. (2009). O surgimento da ciência, tecnologia e sociedade (CTS) na educação: uma revisão. Anais do I Simpósio Nacional de Ensino de Ciência e Tecnologia, Curitiba Watts, D. J., & Strogatz, S. H. (1998). Collective dynamics of ‘small-world’networks. nature, 393(6684), 440.
Publicado
2018-11-15
Cómo citar
Da Silva Almeida, T., Barreto dos Santos, I., Dos Santos Guimarães Neto, J., & Mendes dos Santos, E. (2018). 2B053 Redes sociais de amizades como proposta a ser aplicada no ensino interdisciplinar. Tecné Episteme Y Didaxis TED, (Extraordin). Recuperado a partir de http://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/TED/article/view/8938