1B022 A Matemática para os alunos do Ensino Fundamental: um estudo congnitivo-estrutural das Representações Sociais

Tiêgo dos Santos Freitas
Dayvisson Luís Vittorazzi
Tereza Fachada Levy Cardoso
Alcina Maria Testa Braz da Silva

No presente trabalho discorremos acerca das representações sociais construídas por alunos do 5º ano de uma escola pública acerca da matemática. A investigação foi desenvolvida com 33 alunos do 5º ano do Ensino Fundamental de um município do Estado da Paraíba - Brasil. Para compreender as representações sociais, a partir da abordagem estrutural, construídas por esse grupo social, utilizamos o software Evocation para a elaboração do quadrante de Vergès. Destacamos uma representação possivelmente ancorada na relação entre Matemática e contas, englobando, seu núcleo central, expressões como atenção, difícil, divisão e multiplicação.

Freitas, T. dos S., Vittorazzi, D. L., Cardoso, T. F. L., & Testa Braz da Silva, A. M. (2018). 1B022 A Matemática para os alunos do Ensino Fundamental: um estudo congnitivo-estrutural das Representações Sociais. Tecné Episteme Y Didaxis TED, (Extraordin). Recuperado a partir de http://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/TED/article/view/8776
Almeida, A. M. O. (2009). Abordagem societal das representações sociais. Sociedade e Estado, 24 (3), 713-737.
Farr, R. M. (2013). As raízes da Psicologia Social moderna (11th ed.). Petrópolis: Vozes.
Jodelet, D. (2001). Representações sociais: um domínio em expansão. In Jodelet, D. (Org.), As representações sociais (pp. 17-44). Rio de Janeiro: EdUERJ.
Oliveira, C. D., Marques, S. C. & Tosoli, A. M. (2005). Análise das evocações livres: uma técnica de análise estrutural das representações sociais. In Moreira, A. P. (Org.), Perspectivas Teórico-Metodológicas em representações sociais (pp. 573-603). João Pessoa: Editora Universitária UFPB.
Sá, C. P. (1996). Representações sociais: teoria e pesquisa do núcleo central. Revista Temas em psicologia, 4 (3), 19-33.
Vergès, P. (2001). L'analyse des représentations sociales par questionnaires. Revue française de sociologie, 42 (3), 537-561.
Wachelke, J. F. R. & Wolter, R. P. (2011). Critérios de construção e relato da análise prototípica para representações sociais. Psicologia: teoria e pesquisa, 27, 521-526.
Zatti, F., Agranionih, N. T. & Enricone, J. R. B. (2010). Aprendizagem matemática: desvendando dificuldades de cálculo dos alunos. Perspectiva, 34 (128), 115- 132.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Article Details

Artículos más leídos del mismo autor