1A015 Formação continuada de docentes da rede pública estadual de educação: a experimentação em ciências da natureza e o cotidiano

  • Marcelo Lambach Universidade Tecnológica Federal do Paraná
  • Rafaela Vicente Universidade Tecnológica Federal do Paraná
  • Cristiane Pilissão Universidade Tecnológica Federal do Paraná
  • Fabiana R Gonçalves e Silva Hussein Universidade Tecnológica Federal do Paraná
  • Poliana Macedo Dos Santos Universidade Tecnológica Federal do Paraná
  • Renata Danielle Adati Universidade Tecnológica Federal do Paraná
  • Josmaria Lopes de Morais Universidade Tecnológica Federal do Paraná

Resumen

Apresentamos algumas reflexões a respeito de um processo de formação continuada realizado em um Programa de Extensão Universitária, em uma Universidade pública federal, realizado em 2017, destinada a professores do ensino básico da área de ciências. Aqui estão apresentados resultados de um curso realizado para professores de Química, que foi desenvolvido com enfoque experimental. Foram trabalhados os temas Cinética, Equilíbrio, Eletroquímica e Funções Orgânicas, comumente considerados de difícil compreensão pelos alunos. Os participantes tiveram a oportunidade de realizar experimentos e discussões sobre a forma de conduzi-los nas escolas. Os professores avaliaram como significativa a metodologia adotada na formação, ao partir da experimentação e de sua problematização ao invés de se discutir previamente os fundamentos teóricos.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Referencias

BARDIN, L. (2011). Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70.
DELIZOICOV, D.; ANGOTTI, J. A. (2000). Metodologia do ensino de Ciências. São Paulo: Cortez.
GONÇALVES, F. P.; GALIAZZI, M. C. (2004). A natureza pedagógica da experimentação: uma pesquisa na Licenciatura em Química. Quimica Nova, v. 27, n. 2, p. 326-331.
MALDANER, O. A. (2013). A formação inicial e continuada de professores de Química. 4ª edição. Ijui: editora UNIJUI.
PIMENTA, A. G.; GARRIDO E.; MOURA, M. O. (2004) A Pesquisa Colaborativa na Escola como Abordagem Facilitadora para o Desenvolvimento da Profissão do Professor. In: Marin, A. J. (Org.). Educação Continuada: reflexões, alternativas. 2ª Edição. São Paulo: Ed. Papirus.
ROSITO, B. A. (2008). O ensino de ciências e a experimentação. In: MORAES, Roque (ORG.) Construtivismo e ensino de ciências: reflexões epistemológicas e metodológicas. 3 ed. Porto Alegre: EDIPUCRS, p. 195-208.
TARDIF, M. (2014). Saberes docentes e formação profissional. – Petrópolis, RJ: Vozes.
ZANON, L. B.; MALDANER, O. A. (2007). Fundamentos e propostas de ensino de Química para a educação básica no Brasil. Ed. Unijuí, 224p.
Publicado
2018-11-08
Cómo citar
Lambach, M., Vicente, R., Pilissão, C., Hussein, F. R. G. e S., Santos, P. M. D., Adati, R. D., & Morais, J. L. de. (2018). 1A015 Formação continuada de docentes da rede pública estadual de educação: a experimentação em ciências da natureza e o cotidiano. Tecné Episteme Y Didaxis TED, (Extraordin). Recuperado a partir de http://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/TED/article/view/8694